sábado, 17 de fevereiro de 2018

Bolo mágico de Nutella

Estou viciada nos bolos mágicos... 
Depois do bolo mágico de chocolate, do bolo mágico de baunilha, do bolo mágico de côco e do bolo mágico de lima e sementes de papoila hoje trago-vos aquele que foi a nossa sobremesa do jantar do Dia dos Namorados: bolo mágico de Nutella.






A receita deste bolo, em versão tradicional, usei a do livro Bolos Mágicos e depois, foi só adaptar para fazer na Bimby!


O livro é fabuloso e não é caro. 
Se quiserem saber mais sobre o livro é só ver aqui!!!
Espero que tenham gostado da sugestão!!! ❤

Ingredientes:
4 ovos
1 colher de sopa de água
100g de Nutella
450g (45 cl) de leite à temperatura ambiente
80g de manteiga derretida e já morna
100g de açúcar (usei 80g)
90g de farinha
1 pitada de sal

Preparação Bimby:
Untar a forma com manteiga uma forma redonda (usei uma com cerca de 20 cm de diâmetro) e não sendo de silicone, forrar com papel vegetal. Ligar o forno a 150ºC.
Colocar a borboleta no copo bem limpo e seco e bater as claras, sem o copo, com uma pitada de sal, 8 min/ 37º C/ Vel. 3.5. Retirar e reservar.
Colocar um recipiente na tampa da Bimby, pesar o leite e reservar.
Com a borboleta, bater as gemas com o açúcar e a água programando 4min/Vel. 3.5. Adicionar a Nutella e bater mais 2min/ 37ºC/ Vel 3,5.
Juntar a manteiga derretida e misturar 1 min/37ºC/ Vel 3. Juntar a farinha (peneirada) e o sal e bater mais uns minutos.
Adicionar o leite reservado gradualmente através do bucal e com a Bimby na Vel 3.
Colocar numa taça o preparado e incorporar, delicadamente, as claras em castelo reservadas. Deitar a massa na forma untada e alisar a parte superior. 
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas (o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco.


Preparação Tradicional:
Untar a forma com manteiga uma forma redonda (usei uma com cerca de 20 cm de diâmetro) e não sendo de silicone, forrar com papel vegetal. Ligar o forno a 150ºC. 
Bater as claras em castelo com o sal e reservar; 
Bater as gemas com o açúcar e a água até obter uma mistura esbranquiçada. Adicionar a Nutella e envolver bem.
Derreter a manteiga e incorporar no preparado. 
Juntar a farinha (peneirada) e o sal e bater mais uns minutos. Deitar gradualmente o leite, mexendo sempre.
Incorporar as claras em castelo delicadamente no preparado. Deitar a massa na forma untada e alisar a parte superior. 
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas (o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco e, se quiser, polvilhar com açúcar em pó.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Caril de camarão

Para mim, receitas para celebrar o Amor têm de ter condimentadas. Hoje trago-vos algo que adoro, um caril de camarão.
Na verdade é bem fácil de fazer e fica sempre bem. Depois, só têm de lhe dar um toque (ou empratamento) adequado à situação.




Quanto à receita, adaptei-a do Mundo de Receitas Bimby.
Espero que gostem!!! <3

Ingredientes: (4 doses)
2 embalagens de miolo de camarão Pescanova
35g azeite
2 cebolas grandes
1 malagueta verde
10g coentros frescos
20g gengibre em pó
2 dentes de alho
2 c. chá de cominhos
2 c. chá de coentros moídos
0,5 c. chá de açafrão da Índia
1 c. chá de sal
70 g polpa de tomate
300g leite de coco
Arroz agulha Bom Sucesso

Preparação Bimby:
Colocar no copo o azeite e programe 1 min/Varoma/vel 1. 
Adicionar as cebolas, a malagueta, os coentros frescos, o gengibre, os alhos e picar 10 seg/vel 5. Com a ajuda da espátula, fazer descer os resíduos que ficaram nas paredes do copo. 
De seguida refogar 5 min/Varoma/vel 2, sem o copo de medida. 
Juntar os cominhos, os coentros, o açafrão, o sal e programar 5 min/100ºC/vel 2, sem o copo de medida.
Adicionar o camarão, a polpa de tomate, o leite de coco e envolver bem com a espátula. Programar 12 min/100ºC/ vel colher inversa.
Servir com arroz agulha Bom Sucesso.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

"As canções Top"

Se há coisa de que gosto para além da culinária e da fotografia, são livros e, como tal, tento incutir ao meu filhote essa paixão. 
Na sexta-feira chegou cá a casa o livro "As canções Top" escrito por um dos mais importantes nomes da literatura infantil e juvenil em Portugal, Luísa Ducla Soares, 
As canções TOP! dá a conhecer 35 canções, pensadas para ajudar os jovens leitores a aprender as letras e os números de forma divertida.


Este livro inclui um CD e o acesso à app Porto Editora Kids que permite ouvir e ver os TOP! a interpretarem estas canções e também aceder às versões em karaoke, para cantar com toda a família.
Desde 1 de fevereiro nas livrarias!!! 
Obrigada, Porto Editora pelo miminho, o M* adorou o livro mas a app é mesmo TOP!!! ❤

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Medalhões com molho cervejeiro e batatas mediterrâneas

Depois de tanto trabalho chega um fim-de-semana prolongado e com ele a vontade de mimar a família com comida de conforto. Desta vez, uns medalhões com molho cervejeiro e batatas mediterrâneas.




As batatas fi-las no forno, para serem mais saudáveis, e têm um sabor fantástico pois são confeccionadas com a pele e foram polvilhadas com ervas aromáticas.
O que acham desta sugestão?!?
Nós gostamos muito!!!
Beijinhos!!! ❤

Ingredientes:
4 medalhões de vaca
2 dentes de alho
2 dl de natas
1 dl de leite
1 cerveja (33 cl)
2 colheres de margarina
2 colheres de mostarda
1 colher de farinha maisena
1 caldo de legumes
Pimenta
Batatas mediterrâneas McCain

Preparação:
Temperar os medalhões com os dentes de alho picados grosseiramente, sal e pimenta;
Colocar uma frigideira ao lume com a margarina, deixar derreter, juntar os medalhões e deixar fritar de ambos os lados. Retirar e reservar;
Adicionar a mostarda na frigideira, juntar também o caldo de legumes desfeito e a cerveja e deixar evaporar até ao álcool evaporar;
Dissolver a farinha maisena no leite, adicionar as natas e mexer. Adicionar a mistura à frigideira e deixar engrossar, mexendo sempre;
Acrescentar novamente os medalhões, e deixar aquecer bem. 
Entretanto, aquecer o forno a 200ºC e levar as batatas a cozinhar durante cerca de 15 minutos.
Servir decorados a gosto e acompanhados pelas batatas mediterrâneas.

domingo, 28 de janeiro de 2018

Red-velvet com cobertura de queijo-creme

E assim janeiro caminha a passos largos para o final... Janeiro o mês que parece não ter fim mas que coincide com o meu aniversário.
Eu gosto de fazer anos mas quando fazia planos para um bolinho todo lindo de véspera, surgiu uma ida a Coimbra em trabalho. Resultado, fez-se um bolo sim mas à pressa e com fotos tiradas já quase sem luz natural. 



O que me consola é que estava bom e será, sem dúvida, uma receita a repetir e a "retocar" aqui e ali.
O aniversário foi a 17 mas só hoje temos o post pois o trabalho tem sido mais do que muito e os imprevistos também.
Espero que, apesar de o blog estar menos ativo,continuem desse lado a acompanhar o que vou fazendo.
Um beijo grande da Ginja!!! ❤

Ingredientes:
Para o bolo

290g de farinha (+ q.b. para polvilhar)
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de cacau magro em pó
160g de margarina
130g de açúcar
2 ovos
200 ml de natas
1 colher de sopa de vinagre
3 colheres de sopa de corante vermelho

Para a cobertura:
400g de queijo-creme (equivale a 2 pacote)
200 ml de natas (com mais de 35% de gordura e bem frias)
100g Açúcar
1 colher de sobremesa de açúcar baunilhado
Gotas de sumo de limão q.b.
Corações de açúcar para decorar


Preparação Bimby:

Colocar no copo a farinha, o bicarbonato e o cacau em pó e envolver 10 seg/ vel 3.
Derreter a manteiga e adicionar à farinha e programar 30 seg/ vel 3.
Adicionar o açúcar e os ovos e incorporar durante 1 min/ vel 3.
Acrescentar as natas, o vinagre e o corante e bater e programar 2 min/ vel 3,5. Verificar se todos os ingredientes estão ligados caso contrário, programe mais 1min/ vel 3,5.
Verter o preparados na forma forrada com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer. 
Para a cobertura colocar a borboleta e bater as natas (que devem ter no mínimo 35% de gordura e costumo colocá-las previamente no congelador para estarem bem frias) com umas gotas de sumo de limão, 2 min/ Vel 3,5 (Este passo implica atenção pois as natas passam facilmente a manteiga);
Retirar a borboleta e reservar as natas batidas numa taça;
Colocar no copo o queijo-creme, o açúcar e bater 3 min/ Vel 3,5;
Retirar e envolver nas natas batidas com uma espátula, adicionar umas gotas de corante e misturar até obter a cor desejada e homogénea; 
Colocar no saco pasteleiro (uso descartáveis para tornar tudo mais fácil!) e fazer um pequeno "teste", se não estiver no ponto de decorar deixar no frigorífico durante 1 hora para ganhar consistência.
Quando o creme estiver no ponto, cortar o bolo a meio e colocar uma camada de creme. 
Colocar a outra parte do bolo por cima e barrar todo o bolo com uma fina camada de creme (de modo a ficar branco!).
Depois, com a ajuda do saco pasteleiro, decorar a gosto.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Panquecas com topping de chocolate

Se há coisa que aprecio mesmo são os pequenos-almoços bem vagarosos de fim-de-semana.
A sério, gosto mesmo!!!
Não me importo de começar o dia logo a cozinhar só para brindar a minha família com um miminho especial. Ora crepes, ora panquecas, ora scones... 
Desta vez optei por panquecas e, para dar o toque e sabor especial, usei um topping de chocolate.




Gosta tanto destas panquecas e pequenos almoços vagarosos!!!
E vocês?!? 
Beijinhos ❤

Ingredientes:
1 saqueta de Preparado para Panquecas Condi
1 colher de sopa de óleo
1 ovo 
150ml de leite
Topping de chocolate Condi

Preparação tradicional:
Numa tigela verta o conteúdo de uma saqueta de Preparado para Panquecas Condi e adicione 1 ovo, 1 colher de sopa de óleo e 150ml de leite. Com a batedeira elétrica, à velocidade mínima, misture até obter uma massa homogénea. Leve a lume brando uma frigideira antiaderente (com cerca de 10 cm de diâmetro) untada com óleo. Quando estiver quente, verta uma pequena quantidade (40ml) de massa na frigideira. Quando fizer umas "bolhas" virar e deixar alourar. Servir cobertas com o topping de chocolate Condi e...saborear!!!

sábado, 20 de janeiro de 2018

Picanha com feijão preto, arroz e batata frita.

No fim-de-semana passado e com o tempo frio apeteceu-me mesmo aquilo que chamo de "comida de conforto" como esta picanha com feijão preto, arroz e batata frita.



Quanto às batatas fritas da McCain, faço-as no forno, para ser mais saudável e todos adoramos este corte rústico. Ficam tão boas!!!
E se há coisa que também não dispensamos é a farrofa por cima do feijão preto!
Espero que tenham gostado da sugestão!!!
Beijinhos!!! ❤

Ingredientes:
Picanha fatiada q.b.
1 lata de feijão preto (usei Compal da Horta)
100g bacon em cubos
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1 folha de louro, sem a nervura central
Azeite q.b.
Sal  q.b.
Pimenta q.b,
Cominhos q.b.
Arroz Agulha Bom Sucesso
Batatas Forno Country McCain
Farrofa q.b.

Preparação:
Aqueça um fio de azeite num tacho, refogue a cebola até ficar macia, acrescente o alho, a folha de louro e o bacon, frite e acrescente o feijão cozido e um pouco água. Tempere com sal, pimenta e uma pitada de cominhos e deixe cozinhar. Retire do lume e reserve.
Aqueça uma frigideira bem quente e grelhe de forma rápida e de ambos os lados a picanha, temperada com sal. Retire do lume e reserve.
Sirva as carnes grelhadas com arroz branco (usei Agulha Bom Sucesso), a batata frita McCain, feita no forno e o feijão preto com a farrofa.