Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2022

Cupcakes de bolo brigadeiro

Olá amigos,
O Santo António já se aproxima e o que vos parece de surpreender a família e amigos com uns cupcakes "manjericos" de bolo brigadeiro recheados com chocolate e com cobertura de chantilly verde?



O que acharam dos meus "manjericos"? Por aqui a ideia fez sucesso e o sabor não desiludiu!
E por aí, estão a planear algo para os Santos Populares?
Eu apetece-me mesmo uma sardinhada!
Bom fim de semana e beijinhos da Ginja! 💓

Ingredientes:
1 embalagem de Bolo Brigadeiro Condi
4 ovos
150g de margarina
20ml de leite

Para o recheio:
250ml de leite
30g de margarina

Para o chantilly:
1 saqueta de Preparado para Chantilly Condi
100ml de leite meio-gordo frio
Corante alimentar verde Condi

Preparação:
Recheio:
Deite o conteúdo da saqueta do recheio num tacho e adicione 250ml de leite e 30g de margarina. Leve a lume brando, mexendo sempre, até adquirir a consistência desejada. Retire e deixe arrefecer.

Para os cupcakes:
Pré-aqueça o forno a 150ºC.
Deite o conteúdo da saqueta numa tigela e adicione 4 ovos, 150g de margarina amolecida e 20ml de leite. Com a batedeira elétrica, à velocidade mínima, misture todos os ingredientes. Em seguida, bata durante cerca de 5 minutos, à velocidade máxima.
Verta a massa nas formas de papel para cupcakes (ou num tabuleiro para cupcakes).
Leve a cozer cerca de 6-10 minutos. Para verificar se os cupcakes estão cozidos espete um palito. Se este sair limpo, estão prontos. Retire os cupcakes do forno, deixe arrefecer.

Para o chantilly:
Num recipiente, verta o conteúdo de uma saqueta do preparado para Chantilly e adicione, pouco a pouco, o leite até dissolver.
Com a batedeira elétrica bata até obter a consistência desejada. Adicione gotas do corante verde e misture.
Coloque o chantilly num saco pasteleiro e leve ao frigorífico durante 60 a 90 minutos antes de servir.

Montagem dos cupcakes:
Quando os cupcakes estiverem frios, faça um corte horizontal na parte superior, reservando a “tampa”, e coloque um pouco do recheio. Tape com a parte superior do cupcake e decore com o chantilly por cima.
Bom apetite!

quarta-feira, 1 de junho de 2022

Gelatina de iogurte

 Olá amigos. Por aqui o trabalho abunda ou não fosse (quase) final de ano letivo mas ainda andamos em formação e preparação para a primeira comunhão do Ginjinha. Embora sem muito tempo para receitas novas ou fotografar, deixo-vos uma gelatina de iogurte ideal para esta altura.

Podem ir variando os sabores e conseguem ficar saciados sem dar cabo da dieta.
O que vos parece, gostam deste tipo de snacks?
Um beijo grande da Ginja!💓


Ingredientes:
1 litro de leite magro
1 saqueta de gelatina de Ananás Zero% Condi
1 iogurte grego light
Ananás e folhas de hortelã para decorar

Preparação:
Colocar metade do leite num tacho, levar a lume brando e, antes de ferver, retirar do lume, e adicionar a saqueta da gelatina mexendo bem para que se dissolva completamente.
Acrescentar o resto do leite e o iogurte e envolver bem para homogeneizar.
Dividir o preparado pelos frascos e deixar arrefecer um pouco.
Depois disso, mexer suavemente com uma colher e levar ao frio para solidificar.
Na altura de servir, decorar com o ananás e a hortelã.

domingo, 1 de maio de 2022

Pannacotta com coulis de frutos vermelhos

 Olá amigos! Hoje é Dia da Mãe e um dia assim merece uma sobremesa especial como esta pannacotta com coulis de frutos vermelhos.





Faz-se num instante e fica deliciosa. E ainda para mais podem escolher o coulis ou molho preferido.
O que vos parece? Qual a surpresa que preparam para a vossa mãe?
Beijinhos da Ginja!💓🍒


Ingredientes:
Para a Pannacotta

600ml de natas
10g de gelatina Neutra Condi (1 saqueta)
2 c. de chá de Aroma líquido de Baunilha Condi
80g de açúcar

Para o coulis
150g de frutos vermelhos
30g de açúcar
Água q.b. e se necessário

Preparação:
Num tacho colocar as natas, o aroma de baunilha e o açúcar e levar a lume médio mas sem ferver. Provar para ver se está doce e caso seja necessário acrescentar um pouco mais de açúcar.
Entretanto, preparar a gelatina neutra dissolvendo uma saqueta em 5 colheres de sopa de água e mexendo até formar uma pasta. Levar ao microondas entre 10 a 15 segundos, sem deixar ferver. Mexer a gelatina e deixar arrefecer um pouco antes de juntar à mistura das natas.
Juntar, aos poucos, a gelatina à mistura das natas, mexendo sempre e dividir o preparado por taças individuais. Levar ao frigorífico até solidificar.
Para o coulis, colocar os frutos vermelhos num tacho com o açúcar e levar a lume brando. Se necessário, adicionar um pouco de água.
Deixar cozinhar até a fruta formar uma calda. Retirar do lume e deixar arrefecer.
Servir a pannacotta nas taças com o coulis de frutos vermelhos por cima, ou desenformar a pannacotta para um prato e só depois colocar o coulis.

sábado, 30 de abril de 2022

Panquecas de Iogurte Grego

Olá amigos! Amanhã é dia da mãe e porque não surpreendê-la com umas panquecas de aveia e iogurte para o pequeno-almoço?



Por aqui somos fãs de panquecas seja com doce, manteiga de amendoim, chocolate ou fruta.
E por aí? Também gostam de panquecas?
Se quiserem experimentar, deixo-vos a receita. 
Beijinhos da Ginja! 💓🍒

Ingredientes:
200g de farinha de aveia
150g de Iogurte Natural Estilo Grego Reina
150g de leite
2 ovos
15g de margarina ou manteiga (no estado líquido)
1 c. de chá de fermento químico
1 pitada de sal
Stevia ou outro adoçante a gosto
Óleo em spray para untar

Preparação:

Numa taça misturar todos os ingredientes e bater com uma batedeira até obter uma massa sem grumos.
Untar uma frigideira pequena com um pouco de óleo em spray, espalhar com a ajuda de um pincel de cozinha e levar a aquecer em lume brando.
Colocar uma concha da massa preparada e espalhar um pouco.
Quando a parte de cima da panquecas começar a ficar dourada, virar com a ajuda de uma espátula e deixar alourar do outro lado.
Repetir o processo até terminar a massa.
Servir as panquecas simples ou com cobertura a gosto!

domingo, 27 de março de 2022

Bolo Mágico de Baunilha


Olá amigos!
Fim de semana pede doce e este Bolo Mágico de Baunilha é simplesmente divinal. O termo bolo mágico tem origem no facto de, a partir de uma massa de bolo apenas, conseguirmos obter três camadas distintas que se vão formar ao longo da cozedura. 💓



Se ainda não provaram este bolo, fica o convite para espreitarem a receita e porem mãos-à-obra pois vale mesmo a pena. Fica apenas a advertência, este bolo é viciante e não vão conseguir parar de comer!
Um beijo da Ginja, um bom restinho de domingo e votos de uma excelente semana! 💓 


Ingredientes:
4 ovos
1/2 litro de leite
125g de manteiga derretida e já morna
10g de açúcar baunilhado Vahiné
1 c. sopa de água
150g de açúcar
110g de farinha
1 vagem de baunilha Vahiné
1 pitada de sal

Preparação Tradicional:
Abrir a vagem de baunilha a meio e raspar com uma faca para retirar as sementes. Aquecer o leite com as sementes de baunilha e a vagem aberta. Retirar do lume e deixar em infusão pelo menos durante uma hora (quanto mais tempo ficar em infusão mais intenso o sabor!).
Untar a forma com manteiga e polvilhar com farinha (ou forrar com papel vegetal para facilitar o desenformar). Ligar o forno a 150ºC.
Bater as claras em castelo e reservar.
Bater as gemas com o açúcar, o açúcar baunilhado e a água até obter uma mistura esbranquiçada.
Adicionar, aos poucos, a manteiga, derretida e apenas morna, e envolver no preparado. Juntar a farinha (peneirada) e o sal e bater mais uns minutos.
Retirar do leite a vagem de baunilha e deitá-lo gradualmente na massa, mexendo sempre.
Incorporar as claras em castelo delicadamente no preparado com a ajuda de uma vara de arames.
Deitar a massa na forma e alisar a parte superior.
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50-60 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). Levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas (o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco.
Nota: Usei uma forma quadrada de 22 cm de lado mas também pode usar-se uma forma redonda com 24 cm de diâmetro.

sábado, 12 de março de 2022

Tarte de creme pasteleiro e morangos

Olá amigos! Depois de semanas trabalhosas eis que chega o fim de semana e com ele mais algum tempo para me dedicar ao que gosto. Esta tarte de creme pasteleiro e morangos foi feita no fim de semana passado mas só agora consegui escrever a receita para publicar.



Esta tarte tem uma massa sablé (areada) que combina muito bem com o creme pasteleiro (aromatizado pelo açúcar baunilhado da Vahiné), que por sua vez, fica divinal com os morangos.
O que vos posso dizer é que para além de linda é deliciosa e por isso convido-vos a reproduzir a receita e partilharem comigo e com a Vahiné.
Gostaram desta tarte? Vão pôr a mão na massa?
Beijinhos da Ginja e bom fim de semana!

Ingredientes
para a massa sablé:

100g de açúcar 
300g de farinha
150g de manteiga
1 pitada de sal
2 gemas de ovo
20g de leite

Para o recheio:
50g de açúcar
Um pouco de casca de limão (só a parte amarela)
1 ovo grande
15g de açúcar baunilhado Vahiné
300g de leite
15g de amido de milho
Morangos, flores e folhas de hortelã para decorar q.b.

Preparação:
Para a massa sablé, colocar no copo do robot o açúcar e pulverizar 15 seg/ vel 9.
Adicionar os restantes ingredientes e programar 15 seg/ vel 5.
Estender a massa com a ajuda de um rolo e forrar a tarteira, picar o fundo com a ajuda de um garfo e reservar. (Nota: Se sobrar massa, pode fazer umas bolachinhas!)
Pré-aquecer o forno a 180ºC e levar a tarte a cozer até estar dourada. Retirar e reservar.
Para o creme pasteleiro colocar o açúcar no copo e pulverizar 10 seg/ vel 9.
Adicionar a casca de limão e programar 15 seg/ vel 9.
Introduzir os restantes ingredientes e programar 6 min/ 90º/vel 4.
Colocar o creme na tarteira forrada com a massa sablé, e decorar a gosto com os morangos, flores e folhas de hortelã.
Deixar arrefecer e colocar no frigorífico até à altura de servir.

terça-feira, 8 de março de 2022

Bolachas Flor (Dia Internacional da Mulher)

Hoje é Dia Internacional da Mulher. Este dia dia foi instituído pelas Nações Unidas em 1975 para lembrar as mulheres que, ao longo da história, lutaram pelos seus direitos e contra o preconceito. Em homenagem a todas as mulheres fiz este "Ramo de Flores" muito especial.



Hoje é Dia Internacional da Mulher mas este coração de Mulher e Mãe está apertadinho e não me saem do pensamento todas as mulheres, homens e crianças cujos direitos estão a ser violados... Puxa, como é possível em pleno século XXI e na Europa (e durante uma pandemia), que esta guerra esteja a acontecer. Neste momento, rezo pelos que ficaram para lutar pela sua terra e liberdade, pelas mães que tiveram de partir para salvar os filhos deixando os seus companheiros para trás, por quem perdeu tudo de um momento para o outro... Dedico este "ramo de flores" feito com muito amor, a todas as mulheres da Ucrânia... a todos os Ucranianos! 💙💛

Ingredientes:
120g de manteiga à temperatura ambiente
110g de açúcar
10g de açúcar baunilhado Condi
1 ovo
250g de farinha (sem fermento)
½ c. de chá de fermento
1 clara de ovo
200g açúcar em pó Condi
Corante alimentar vermelho Condi
Corante alimentar amarelo Condi
Grajeias Mix Condi

Preparação:
Num a taça bater a manteiga amolecida com o açúcar e o açúcar baunilhado até formar um creme.
Juntar o ovo e mexer até incorporar completamente.
Adicionar a farinha e o fermento e sem amassar demasiado formar uma bola com a massa, envolver em película aderente e levar ao frigorífico durante 2 horas.
Depois disso, estender a massa com um rolo até obter uma espessura de cerca de 5mm e usando cortantes cortar as bolachas.
Depois de cortadas dispor as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante uns 8-10 minutos mas vigiando a cozedura para não ganharem muita cor. As bolachas devem estar moles quando forem retiradas do forno para não ficarem muito duras.
Quando prontas, retirar do forno, deixar arrefecer numa grelha.

Entretanto para o glacé, bater a clara de ovo em castelo bem firme. Depois, ir adicionando aos poucos o açúcar em pó e ir batendo com a batedeira até obter um creme com alguma consistência.
Separar um pouco do glacé para uma tacinha e colocar 2 gotas de corante amarelo. Envolver bem para obter uma cor uniforme e ir acrescentando gotas de corante até obter a cor pretendida. Reservar.
No restante glacé ir colocando, gota a gota, o corante vermelho e mexer até obter um tom rosa (Nota: É preciso ir fazendo gota a gota para não passar a vermelho!).
Colocar cada um dos dois glacés em sacos pasteleiro com bico fino e, com o glacé rosa fazer os contornos da flor, deixando um círculo no meio, e depois preencher. Para uniformizar utilizar um palito.
No centro da flor colocar um pouco do glacé amarelo e decorar com as grajeias.
Colocar as bolachas numa grelha até ao glacé solidificar.