domingo, 21 de fevereiro de 2016

Bolo mágico de côco (versão Bimby)

Estou viciada nos bolos mágicos... 
Depois do bolo mágico de chocolate e do bolo mágico de baunilha, hoje trago-vos um bolo mágico de côco!!!
Embora só tenha conseguido que se notassem duas camadas (e não três!), de sabor, ele está fantástico.





A receita deste bolo, em versão tradicional, usei a do livro Bolos Mágicos e depois, foi só adaptar para fazer na Bimby!


O livro é fabuloso e não é caro. 
Se quiserem saber mais sobre o livro é só ver aqui!!!
Mais um que vou ter de repetir mas, para além deste, ainda quero experimentar um outro mas isso, fica para outro fim-de-semana.

Ingredientes:
4 ovos
200g (20 cl) de leite à temperatura ambiente
250g (25 cl) de leite de côco
125g de manteiga derretida e já morna
1 saqueta de açúcar baunilhado Vahiné
125g de açúcar amarelo(usei 100g)
80g de farinha
80g de côco ralado
1 pitada de sal

Preparação Bimby:
Untar a forma com manteiga uma forma rectangular (usei de 18X28 cm) e não sendo de silicone, forrar com papel vegetal. Ligar o forno a 180ºC. Bater as claras em castelo com o sal e reservar; 
Colocar a borboleta no copo bem limpo e seco e bater as claras, sem o copo, com uma pitada de sal, 8 min/ 37º C/ Vel. 3.5. Retirar e reservar.
Colocar um recipiente na tampa da Bimby, pesar o leite e leite de côco e reservar.
Com a borboleta, bater as gemas com o açúcar, o açúcar baunilhado, 8 min/Vel. 3.5. Adicionar a manteiga, derretida e apenas morna misturar na Vel 3. Juntar a farinha (peneirada), o côco ralado e o sal e bater mais uns minutos. 
Adicionar o leite e leite de côco reservados gradualmente através do bucal e com a Bimby na Vel 3.
Colocar numa taça o preparado e incorporar, delicadamente, as claras em castelo reservadas. Deitar a massa na forma untada e alisar a parte superior. 
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas (o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Jantar do dia dos namorados 2016

Se seguem o blog já devem ter percebido que gosto de "corações". 
Digo mais, para mim, o coração é a minha forma preferida!!!
ADORO!!!
Se repararem, para além das diversas louças em formato de coração, até o logótipo e o fundo do banner do blog têm corações!!!
Como não podia deixar de ser também na mesa do jantar do Dia de Namorados os "corações" marcaram a sua presença...



O que acham?!?
O M* achou imensa piada, começou foi a cantar os parabéns e a apagar as velas (e isto, várias vezes!!!)
Quanto às fotos dos pratos que preparei para essa noite, e como devem imaginar, não foi fácil pois com o M* a orbitar à minha volta e para que a comida ficasse fria não tive tempo para "retoques".
O que interessa mesmo é que a comida estava saborosa e eu estive com os dois homens que mais amo!!!

Mas deixemo-nos de lamechices e passemos à comida...
Como entrada tivemos Camarão Gambão no Forno Pescanova (uma aposta ganha da marca pois para além de deliciosos, não "falham", não sujam e ficam prontos em 20 minutos!), como prato principal, Caril de Camarão com Arroz Selvagem e, finalmente, para a sobremesa, brownies na taça, profiteroles (recheados com chantilly e com uma leve cobertura de chocolate) e morangos, com champanhe.


Então vamos às receitas...
Para o Gambão no Forno da Pescanova, que já tenho no blog, podem ver este post aqui.
Para os brownies (e apenas com a diferença de os ter colocado na taça em vez de fazer numa forma grande cortar aos quadrados e não ter colocado a parte do queijo) podem ver este post aqui e para os profiteroles (que neste caso recheei com chantilly) aqui.
Agora, para o caril de camarão, que acompanhei com arroz selvagem, segui a receita do livro base da Bimby.

Ingredientes:
40g azeite 
1 cebola grande
1 malagueta verde 
10g coentros frescos 
20g gengibre, fresco 
2 dentes de alho 
2 c. chá de cominhos moídos Margão
2 c. chá de coentros moídos Margão
0,5 c. chá de açafrão da Índia Margão
1 c. chá de sal 
70g polpa de tomate Compal da Horta
300g leite de coco (usei um pouco menos, uns 200g)

Preparação Bimby:
Coloque no copo o azeite e programe 1 min/ Varoma/ vel 1
Adicione as cebolas, a malagueta, os coentros frescos, o gengibre descascado e cortado em rodelas, os alhos e pique 10 seg/ vel 5. Com a ajuda da espátula, faça descer os resíduos que ficaram nas paredes do copo. 
De seguida refogue 5 min/ Varoma/ vel 2, sem o copo de medida. 
Junte os cominhos, os coentros, o açafrão, o sal e programe 5 min/100ºC/ vel 2, sem o copo de medida.
Adicione o camarão, a polpa de tomate, o leite de coco e envolva bem com a espátula. Programe 12 min/100ºC/ vel colher inversa . Servir com arroz.



domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dia dos Namorados

Hoje o Amor anda no ar... 
Não que eu precise deste dia para mimar a outra Ginja mas hoje, e com este tempo que convida mesmo a ficar em casa, decidi preparar umas panquecas bem românticas para o pequeno-almoço. 


Depois das panquecas feitas foi só colocar o tooping de morango e os corações em açúcar que a Vahiné me enviou!!!
Obrigada, Vahiné!!!
Feliz Dia dos Namorados para todos!!!

Ingredientes:
150g de farinha com fermento
50g de margarina
50g de açúcar (eu reduzi um pouco!)
200 g de leite
2 ovos

Preparação Bimby:
Colocartodos os ingredientes no copo e programar 15 seg/ vel 6;
Numa frigideira pequena, untar com um pouco de gordura (usei óleo em spray!) e aquecer em lume brando. Juntar uma colher de massa e esperar até fazer borbulhas na superfície. Depois virar até dourar do outro lado.
Servir com  topping  (usei de morango) e decorar a gosto.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Clafoutis de maçã e côco

Com este tempo, e embora ainda não seja fim-de-semana ( estamos a tentar ter uma alimentação equilibrada durante a semana e só fazemos uma ou outra "asneira" no fds!!!) apetecia-me realmente um "miminho". 
Embora a minha "gula" gritasse que queria um doce, tentei fazer-lhe a vontade mas de uma forma light , com um clafoutis de maçã e côco.
O que é isso?!?
Acaba por ser maçã fatiada (muita maçã!) e côco ralado envolvidos num creme.
O aspeto final foi este...





Para cortar a maçã em lamelas perfeitas, usei a minha mandolina da Börner <3 (ver aqui).
Para quem não sabe, eu nasci em França e essa minha vivência acaba (também) por influenciar as minhas receitas.
Não sei se gostaram mas aqui está uma sugestão agradável mas que não é um grande pecado!!!
Até breve!!!

Ingredientes:
3-4 maçãs
50g de açúcar (quem gostar das coisas bem doces aumentar um pouco!!!)
125g de farinha
3 ovos
3 dl/ 330g leite
côco ralado q.b.
1 pitada de sal

Preparação Bimby:
Colocar no copo a farinha, o sal e o açúcar e programar 1min/ vel 3;
Adicionar os ovos e programar 2 min/ vel 5;
Juntar o leite e programar 2 min/ vel 5;
Descascar as maçãs e cortá-las em lamelas com ajuda da mandolina (usei a minha Börner). colocar no fundo da forma untada com manteiga, adicionar o côco e envolver.
Verter o preparado sobre as maçãs, polvilhar com côco e levar ao forno, pré-aquecido a 180º durante, aproximadamente, 40 minutos.

Preparação tradicional:
Colocar num recipiente a farinha, o sal e o açúcar e com a ajuda de uma batedeira misturar;
Noutro recipiente, bater muito bem os ovos e adicionar à farinha (+sal+açúcar). Misturar de novo com a batedeira;
Juntar o leite e misturar com a batedeira a uma velocidade superior até à mistura ficar homogénea;
Descascar as maçãs e cortá-las em lamelas com ajuda da mandolina (usei a minha Börner). colocar no fundo da forma untada com manteiga, adicionar o côco e envolver.
Verter o preparado sobre as maçãs, polvilhar com côco e levar ao forno, pré-aquecido a 180º durante, aproximadamente, 40 minutos.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Peitos de frango afrodisíacos

Continuando a pensar no S. Valentim, hoje foi dia de revisitar uma receita: peitos de frango afrodisíacos!!!
Inspirado nos camarões afrodisíacos (ver aqui), e por sugestão da outra Ginja, usei o mesmo molho mas em peitos de frango!!!






Além do sabor, ADOREI estas fotos!!!
E vocês, o que acham da receita e das fotos?!?

Ingredientes:
30g de óleo (na receita referia óleo de amendoim mas eu não tinha!)
300g peitos de frango
1 dente de alho
40g pimento verde cortado em pedaços
1 tomate cortado em pedaços
200g de leite de côco
1 c. chá de óleo de palma ou azeite de dendê (Agora sim... já sei o que é!!! )
1 c. chá de coentros
1 c. chá de salsa
Pimenta em moinho Margão q.b.
1 c.sopa de amendoins torrados sem pele
Coentros picados para polvilhar

Preparação Bimby:
Colocar no copo o óleo e programar 2 min/ varoma/ vel 1;
Adicionar o frango cortado aos pedaços e saltear 8 min/100ºC/ vel inversa colher. Verificar se o frango está "salteado" e, caso esteja "no ponto", retirar deixando ficar o óleo no copo. Reservar; (No caso de o frango não estar pronto, uma vez que depende do tamanho dos pedaços, voltar a programar mais uns minutos à mesma temperatura e velocidade);
Adicionar ao óleo o alho e programar 2 min/100ºC/vel 1;
Adicionar o pimento, o tomate, o leite de coco, os coentros, a salsa, a pimenta e os amendoins e programar 4 min/100º C/ vel 1;
De seguida triturar 30 seg, indo, progressivamente, até à vel 7;
Adicionar o frango reservado e envolver com a espátula;
Servir polvilhado com coentros picados e acompanhar com branco (usei Agulha Bom Sucesso)!!!
Espero que gostem!!!

Programa de afiliados Wook


O blogue "As várias faces da Ginja" pertence ao programa afiliados Wook.



Portanto, para qualquer compra, novidade, consulta de livros que queiram efectuar basta seguirem o link na faixa lateral do blogue. 
Conto com vocês, pode ser?!?

Obrigada Wook, pela confiança!!!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Estufado de peixe e camarão com cuscuz

Mesmo estando em "interrupção letiva", se há coisa que aprecio é uma refeição rápida e saborosa como este estufado de peixe e camarão com cuscuz.
Além disso, com o aproximar do Dia dos Namorados, tentei dar-lhe um toque adequado à altura...
O que acham?!?




Esta receita saiu na revista MP deste mês e vou repetir com certeza...

Ingredientes: (6 doses)
35g de azeite
1 cebola cortada em pedaços
2 dentes de alho
Pimento vermelho, cortado em tiras q.b.
400g de tomate em pedaços
Limão (raspa e sumo) 
350g de cuscuz
350g de água
1/2 cubo de caldo de peixe
Orégãos q.b.
5 folhas de hortelã
Salsa, só as folhas para polvilhar (não usei...)
Pimenta q.b.
Sal q.b.

Preparação Bimby:
Colocar um recipiente sobre a tampa da Bimby, pese o camarão e a pescada. tempere com sal, pimenta, a raspa e o sumo do limão e reservar;
Colocar um recipiente sobre a tampa da Bimby, pesar o cuscuz e reservar;
Colocar no copo a água, o caldo de peixe e os orégãos e aquecer 8 min/ 100ºC/ vel 1;
Retirar e deitar sobre o cuscuz. Deixar repousar, cerca de 5 minutos e soltar os grãos com a ajuda de um garfo;
Colocar no copo o azeite, a cebola, e o alho, picar 5 seg/ vel 5 e refogar 5 min/ Varoma/ vel 1.
Adicionar o pimento, o tomate, o sal e a hortelã e cozinhar 10 min/ Varoma/ vel colher;
Adicionar o camarão e a pescada reservados com a marinada e cozinhar 3 min/ Varoma/ vel colher inversa;
Servir o estufado com o cuscuz polvilhado com salsa (eu não tinha, daí não ter usado!).

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Bolo mágico de baunilha

Estou rendida ao bolo mágico... 
Se a versão de chocolate da semana passada me agradou por este de baunilha "apaixonei-me"!!! <3
Fica tãoooooo bom!!!





Mesmo que seja um pouco "temperamental" e que possam não se notar perfeitamente as camadas em todo o bolo, o sabor faz-nos esquecer isso tudo!!! 
E que tal este bolo para saborear a dois no Dia dos Namorados?!?

Ingredientes:
4 ovos
1/2 litro de leite
125g de manteiga derretida e já morna
1 saqueta de açúcar baunilhado Vahiné
1 c. sopa de água
150g de açúcar (usei 110g)
110g de farinha
1 vagem de baunilha Vahiné (a receita referia 2!)
1 pitada de sal

Preparação Bimby:
Abrir a vagem de baunilha a meio e raspar com uma faca. Aquecer o leite com as sementes de baunilha e a vagem aberta. Retirar do lume e deixar em infusão pelo menos durante uma hora (quanto mais tempo ficar em infusão mais intenso o sabor!).
Untar a forma com manteiga (usei uma forma redonda de silicone com 24 cm de diâmetro) e polvilhar com farinha. Ligar o forno a 180ºC.
Colocar a borboleta no copo bem limpo e seco e bater as claras, sem o copo, com uma pitada de sal, 8 min/ 37º C/ Vel. 3.5. Retirar e reservar.
Com a borboleta, bater as gemas com o açúcar, o açúcar baunilhado e a água 8 min/Vel. 3.5. Adicionar a manteiga, derretida e apenas morna misturar na Vel 3. Juntar a farinha (peneirada) e o sal e bater mais uns minutos. Retirar do leite as vagens de baunilha e no copo e programar 1 min/Vel. 3.
Colocar numa taça o preparado e incorporar, delicadamente, as claras em castelo reservadas. Deitar a massa na forma untada e alisar a parte superior. 
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas ( o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco.

Preparação Tradicional:
Abrir a vagem de baunilha a meio e raspar com uma faca. Aquecer o leite com as sementes de baunilha e a vagem aberta. Retirar do lume e deixar em infusão pelo menos durante uma hora (quanto mais tempo ficar em infusão mais intenso o sabor!).
Untar a forma com manteiga (usei uma forma redonda de silicone com 24 cm de diâmetro) e polvilhar com farinha. Ligar o forno a 180ºC. Bater as claras em castelo com o sal e reservar; 
Bater as gemas com o açúcar, o açúcar baunilhado e a água até obter uma mistura esbranquiçada. Adicionar a manteiga, derretida e apenas morna, e envolver no preparado. Juntar a farinha (peneirada) e o sal e bater mais uns minutos. Retirar do leite as vagens de baunilha e deitá-lo gradualmente na massa, mexendo sempre.
Incorporar as claras em castelo delicadamente no preparado. Deitar a massa na forma untada e alisar a parte superior. 
Levar ao forno, a 150ºC, durante 50 minutos (ao sair do forno o bolo está pouco firme!). levar ao frigorífico pelo menos durante 2 horas ( o ideal é deixar durante a noite) para solidificar a apurar sabores. Servir fresco.
Adaptado daqui.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Miminho Vahiné para o Dia dos Namorados

Mais uma vez, e como já vem sendo hábito, a Vahiné surpreendeu-me com um miminho dedicado ao Dia dos Namorados. 
O que recebi, perguntam vocês?!? 
Uma cobertura de chocolate, pronta a fundir (para tornar tudo mais fácil!); um lápis de pasteleiro branco (ideal para deixar uma mensagem num bolo ou cupcake!) e uma embalagem de corações de açúcar vermelhos (o "coração" no topo do bolo!!!).


Como podem ver, tenho mesmo de fazer algo bem doce para esse dia!!! 
Obrigada, Vahiné!!!
<3 <3 <3

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Bolo mágico de chocolate

Este fim-de-semana fiz a minha primeira tentativa de um tipo bolo que me apeteceu fazer desde que o vi: o bolo mágico de chocolate.
O que é um bolo mágico?!?
É um bolo que, apesar de ser feito de uma única massa, acaba por formar três camadas distintas: um flã na base, um creme leve no meio e um pão de ló na parte superior.
O meu primeiro bolo mágico não ficou perfeito, no entanto, "a vivo" dava para ver (e saborear!) as três "camadas".
Na foto, não sei se dá para ver mas a verdade é que estava muito bom... :)





 O que acham do meu primeiro bolo mágico?!?
O que vos posso dizer é que vou tentar outros sabores pois fiquei fã!!!
Ingredientes:
4 ovos
125g de manteiga c/ sal, derretida (mas apenas morna)
600ml de leite (morno)
40g de cacau (como não tinha usei chocolate em pó!)
115g de farinha
200g de açúcar
1 c. (chá) de açúcar baunilhado (usei Vahiné)
1/2 c. (café) de sal
Açúcar em pó p/ polvilhar

Preparação Bimby:
Untar com manteiga uma forma redonda (com cerca 24 cm de diâmetro). Ligar o forno a 180ºC. 
Colocar a borboleta no copo bem limpo e seco e bater as claras (sem o copinho) com uma pitada de sal, 4min/ 37ºC/ Vel 3.5. Retirar e reservar. 
Com a borboleta, bater as gemas com o açúcar e o açúcar baunilhado, 4 min/ Vel 3.5
Adicionar a manteiga derretida (e depois de deixar arrefecer ficando apenas morna) e misturar novamente na Vel. 3. Juntar o leite e por fim a farinha, o sal e o cacau peneirados (usei chocolate em pó daí não ter ficado muito escuro!) e misturar na 1min/ Vel 3
Despejar com cuidado sobre as claras em castelo, pouco a pouco, e envolver com uma vara de arames delicadamente, até desfazer os bocados grandes de claras (as claras ficarão em cima!). 
Colocar no forno 10 minutos a 180ºC e depois mais 50 minutos a 160ºC. Fazer teste do palito. 
Este bolo tem de arrefecer completamente antes de desenformar e o melhor será mesmo preparar de véspera, deixando ficar durante a noite no frigorífico, para ganhar consistência e apurar os sabores.
Adaptado daqui.