segunda-feira, 29 de setembro de 2014

"Dia M...": Omolete de claras com atum e milho

O tempo passa a correr... 
Mal nos damos conta e começa uma nova semana e com ela chega mais um "Dia M..."
Desta vez, e porque no fim-de-semana se cometeram alguns excessos, optei por fazer uma receita fácil e ideal para uma dieta: omolete de claras com atum e milho acompanha por uma salada mista.
O facto da omolete ser, maioritariamente, de claras torna-a extremamente rica em proteínas e mas com um baixo teor em lípidos (gorduras). Com uma salada mista a acompanhar, obtemos as vitaminas, sais minerais e fibras necessárias à refeição.
Ok, pode não ficar tão bonita como uma omolete tradicional uma vez que fica com uma tonalidade esbranquiçada mas, neste caso, podemos perder em "aspecto" mas ganhamos em saúde. :)





Se ficaram convencidos, e espero que sim, aqui fica a receita...

Ingredientes:
Claras de ovo (usei pasteurizadas, mais ou menos o equivalente a 4 claras)
1 ovo inteiro (só mesmo para dar um pouco de cor)
1 lata de atum ao natural
1/2 lata de milho
Sal q.b.
Pimenta Suldouro q.b.
Preparação:
Escorrer o milho e o atum e reservar;
Bater as claras de ovo com o ovo inteiro, temperar com sal e pimenta e acrescentar o milho e atum reservados;
Colocar tudo num wook ou frigideira antiaderente (pode untar antes com uma gordura) e deixar cozinhar e ir soltando a omelete com a ajuda de uma espátula; Eu usei um recipiente de omoletes, o micro-delícias, pelo que é só colocar a mistura no recipiente e levar durante 4-5 minutos  minutos ao microondas. :)
Servir com uma salada a gosto e...
Bom apetite!!! :)

sábado, 27 de setembro de 2014

Obrigada... :)

Este ano lectivo, as minhas sextas-feiras  são dias cheios de aulas e, sendo o final da semana, chego exausta a casa. 
Foi o que aconteceu ontem...  
Quando cheguei a casa estava cansada mas tinha dois miminhos à minha espera: um "saco" da Vahiné com o intuito de comemorar a chegada do Outono e de uma série de novidades da marca e a minha revista Teleculinária Robot de outubro.



Obrigada, Vahiné!!!
Obrigada, Teleculinária!!!
Vocês fazem com que o tempo que invisto no blog, valha a pena!!! ;)

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Muffins de chocolate, linhaça e aveia

Ora aqui estão os muffins de chocolate, linhaça e aveia que eu adorei e fizeram tanto sucesso na festa do Body Gym. Fiquei viciada...
É que são mesmo muito bons!!!
Penso que as imagens já vos dão uma ideia dos muffins... 







Quanto à receita, adaptei-a da revista Teleculinária Gold de setembro e aconselho vivamente...
Experimentem, verão que não se vão arrepender... :)

Ingredientes:
120g de creme vegetal + para untar a forma
120g de açúcar amarelo Sores (a receita original indica 160g)
2 ovos
1 dl de leite magro
80g de chocolate em pó Pantagruel 
180g de farinha
1 colher (de café) de fermento químico Vahiné
80g de flocos de aveia
semente de linhaça q.b.

Preparação tradicional:
Ligar o forno a 180ºC e barrar pequenas formas com o creme vegetal;
Deitar o creme vegetal numa taça, juntar o açúcar e bater muito bem;
Adicionar os ovos, um a um, e batendo sempre, bem como o chocolate, o leite, a farinha e o fermento;
Juntar os flocos de aveia e algumas sementes de linhaça (reservando algumas para decorar os muffins) e envolver;
Dividir a massa pelas formas sem as encher demasiado, polvilhar com o resto das sementes de linhaça e levar ao forno sem deixar cozer demasiado;
Retirar, deixar arrefecer um pouco e desenformar.

Preparação Bimby:
Ligar o forno a 180ºC e barrar pequenas formas com o creme vegetal;
Deitar o creme vegetal no, juntar o açúcar e programar 1 min/ vel 5;
Colocar na velocidade colher e adicionar os ovos, um a um, pelo bucal da tampa; 
De seguida, e com a bimby parada, adicionar o chocolate, o leite, a farinha e o fermento e programar 1 min/ vel 5;
Juntar os flocos de aveia e algumas sementes de linhaça (reservando algumas para decorar os muffins) e programar 1 min/ vel colher inversa;
Dividir a massa pelas formas sem as encher demasiado, polvilhar com o resto das sementes de linhaça e levar ao forno sem deixar cozer demasiado;
Retirar, deixar arrefecer um pouco e desenformar.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

"Dia M...": salada de farfalle e argolas do mar

Hoje chega mais um "Dia M..." e desta vez, a inspiração chegou ao folhear (de novo) a revista MP de junho e ao ver uma salada com calamares. Ora, pus mãos-à-obra e não só a minha salada de farfalle com argolas do mar foi o jantar como ficou para a marmita.
Sim, uma das melhores formas de conseguir orientar as refeições a levar para o trabalho é, sem dúvida alguma, ao fazer o jantar escolher algo que se adeqúe à marmita e confeccionar mais uma dose.

A salada ficou muito boa, acompanhada de tomate e pepino para obter uma maior variedade de vitaminas e sais minerais, e eu, como adoro massa, fiquei fã...
Aqui ficam umas fotos do jantar...





E da marmita!!! :*



Gosto cada vez mais da minha Monbento!!! :*
Para quem ficou "inspirado" aqui fica a receita...

Ingredientes:
1500g de água
1 embalage de Argolas do mar Pescanova
320g de massa farfalle
30g de azeite
1/2 dente de alho
1 colher de Pimentão doce Margão
1/3 de malagueta seca Suldouro (sem sementes) 
15g de salsa+ para q.b. polvilhar
1 1/2 colher de chá de sal 

Preparação Bimby:
Colocar no copo a água e 1 colher de sal e aquecer 10 min/ Varoma/ vel 1;
Adicionar a massa pelo bocal da tampa e cozer o tempo indicado na embalagem/ 100º/inversa vel. colher; Escorrer a massa e reservar;
No copo limpo, colocar o azeite, o alho, a malagueta, o pimentão doce e 1/2 colher de sal e a salsa e picar 5 seg/ vel 5 e refogar 3 min/Varoma/ vel 1;
adicionar as lulas e programar 20 min/ 100º/inversa vel colher
Retirar e envolver na massa reservada e degustar polvilhada com a salsa picada.

domingo, 21 de setembro de 2014

Mais um bolo decorado: parabéns Body Gym!!!

Como alguns se devem ter apercebido na minha cozinha quase não se parou até à festa de sábado para comemorar os 10 anos do ginásio Body Gym de Idanha-a-Nova!
Fizeram-se as bolachas de alfarroba do post anterior, muffins, um bolo de coco, canapés com paté  e outros com manteiga de amendoim mas o destaque foi para o bolo decorado.
Um bolo de massa de amêndoa com recheio de ganache de chocolate e cobertura em pasta de açúcar. 
Curiosos?!? 
Aqui ficam as fotos que consegui tirar do meio da azáfama... :P





Não estava perfeito, mas a "família Body Gym" gostou, e isso, é o que realmente interessa! :)
Mais uma vez, obrigada Vahiné pela pasta de açúcar!
Ah, já me esquecia...
A receita que segui, podem vê-la aqui neste bolo do M* http://asvariasfacesdaginja.blogspot.pt/2014/01/dia-1-e-um-bolo-especial.html  só que, fiz o dobro da quantidade e em vez de decorar com os palitos de chocolate e frutos vermelhos, decorei com a pasta de açúcar!
Se tiverem alguma dúvida, é só perguntar...
Beijinhos!!!

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Bolachas de alfarroba

Amanhã a outra Ginja quer levar uns miminhos doces (e não só!) para o trabalho e adivinhem a quem é que ele os pediu?!?
A mim, claro está... :P
Mas a questão é que não se fica pelo pedir... quer também que sejam bons mas não sejam "pecados demasiado grandes"!!!
Eu já tinha umas bolachas em mente, umas que adoro e são bastante saudáveis, as bolachas de aveia e mel,  ( http://asvariasfacesdaginja.blogspot.pt/2013/08/bolachas-de-aveia-e-mel.html ) mas como gosto de experimentar coisas novas optei por fazer bolachas de alfarroba.

A alfarrobeira é uma árvore nativa da costa do Mediterrâneo cuja vagem, a alfarroba, é comestível, semelhante ao feijão, de cor acastanhada e sabor adocicado. 
A farinha de alfarroba, derivada da polpa da vagem torrada e moída, é muitas vezes utilizada como substituto do cacau, uma vez que esta apresenta um teor mais baixo de gorduras e não apresenta as substâncias estimulantes existentes no cacau, nomeadamente cafeína e teobromina. Além disso, é rica em vitaminas B1 e B2, niacina e fibras e, segundos estudos recentes, possui um antioxidante, semelhante ao do azeite e superior ao do vinho, o que leva os investigadores a acreditarem que pode ser útil no combate aos radicais livres e certas doenças.

Para além destas vantagens todas, as bolachas foram aprovadas por mim e pela outra Ginja e permitiram-me usar o meu novo cortante e carimbo!!!
 Amanhã veremos qual a sua aceitação pelos demais... :)




O que acham destas bolachinhas?!?
Quanto à receita, inspirei-me nuns biscoitos do blog Hoje para jantar, e depois fui fazendo as minhas alterações...

Ingredientes:
1 1/2 chávena de farinha com fermento
1/2 chávena de farinha de alfarroba
1/2 chávena de açúcar moreno Sores
1/2 chávena de azeite
1 ovo
1/2 colher de chá de sal
1 pacote de açúcar baunilhado Vahiné
4 colheres de sopa de leite (usei leite magro)

Preparação tradicional:
Numa taça misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea;
Moldar umas bolas com a mão ou então, e à semelhança do que fiz, estender a massa com um rolo e com um cortante e carimbo, fazer as bolachas;
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos ( o tempo varia de acordo com a espessura das bolachas, etc);
Deixar arrefecer numa grelha.

Preparação Bimby:
Colocar no copo todos os ingredientes e programar 1 min/ vel 5;
Moldar umas bolas com a mão ou então, e à semelhança do que fiz, estender a massa com um rolo e com um cortante e carimbo, fazer as bolachas;
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos ( o tempo varia de acordo com a espessura das bolachas, etc);
Deixar arrefecer numa grelha.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Quiche lorraine receita da Rachel khoo

Ontem, na altura de decidir o que fazer para jantar e, levar na marmita para o almoço do dia seguinte, lembrei-me que, no grupo do facebook a que pertenço "Quinze dias com..." (https://www.facebook.com/groups/quinze.dias/), a quinzena é dedicada a Rachel Khoo


Confesso que não conhecia muito acerca desta chef inglesa radicada em Paris mas, depois de "investigar" achei a sua história interessante e a sua receita de Quiche Lorraine chamou a minha atenção.
Assim, hoje na minha marmita levei umas fatias de quiche (e que boa que ela estava) acompanhada de melancia. 




Quanto à receita aqui fica, adaptada do programa "The litle Paris Kitchen" (episódio 6 https://www.youtube.com/watch?v=SI52eJR1dRU), espero que gostem tanto quanto eu... :)
(Nota: Deixo-vos a receita da massa que ela usa e que deve ser fantástica mas eu usei massa quebrada, que não precisa do tempo de espera!)

Ingredientes
para a massa:
 90g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
180g de farinha de trigo
1 colher (chá) de açúcar
1 pitada de sal
2 gemas
3 colheres (sopa) de água fria

para o recheio:
150g de bacon
4 ovos inteiros + 2 gemas (eu usei só 4 ovos)
200 ml de natas
Pimenta Suldouro q.b.
Sal q.b.

Preparação:
Misturar todos os ingredientes da massa, por exemplo com uma colher, e de seguida, com a mão, misturar até conseguir formar uma bola envolver em película aderente e leve-a ao frigorífico, no mínimo entre 30 minutos e 1 hora;
Depois disso,  retirar do frio (uns 30 minutos antes de a manusear), pegar um rolo de massa e dar umas pancadinhas na massa para amaciá-la e facilitar a sua abertura;
Esticar a massa com o rolo (numa superfície lisa e enfarinhada ou então, entre duas folhas de papel vegetal;) e colocar na forma untada com manteiga e farinha. Pincelar com clara de ovo e leve novamente ao frio até ao recheio estar pronto. 
Para o recheio, colocar o bacon a saltear num wook e, depois, deixar escorrer em papel de cozinha;
Dispor o bacon sobre a massa; 
Bater os ovos e misturar as natas, o sal e a pimenta e colocar sobre o bacon;
Levar ao forno pré-aquecido a 180° durante cerca de 30-40 minutos... 
Et voilá...

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

"Dia M...": salteado de frango e legumes chineses

É segunda-feira e assim chega mais um "Dia M..." desta vez optei por fazer um salteado de frango e legumes chineses acompanhado por massa de arroz.
É fácil de fazer, saboroso e até é saudável pois contém o frango, fonte de proteína, uma grande variedade de legumes, fonte de vitaminas e sais minerais diversos, e a massa de arroz, fonte de hidratos de carbono e tudo sem se verificar um grande aporte de gorduras.
Eu fiz a refeição para o jantar, a pensar também na marmita, e cá em casa foi aprovado.





A receita adaptei-a da revista Teleculinária Gold deste mês mas aqui fica para quem quiser experimentar.

Ingredientes: (dá para 3-4 doses)
450g (aproximadamente) de bifes de frango
1 embalagem de mistura de legumes chineses congelados
1 cebola pequena
1 dente de alho
0,5 dl de azeite
sumo de limão q.b.
Caril em pó Suldouro q.b.
Gengibre em pó Suldouro q.b.
Cominhos em pó Suldouro q.b.
Molho se soja q.b.
Sal e piripiri q.b.

Preparação tradicional:
Cortar os bifes de frango às tiras e temperar com o alho picado, sumo de limão, caril, cominhos, gengibre, sal e piripiri; Deixar marinar um pouco.
Aquecer o azeite num wook ou frigideira, saltear as tiras de frango, retirar e reservar;
Juntar a cebola cotada às tiras e, quando alourada, acrescentar a mistura de legumes chineses e deixar saltear muito bem;
Acrescentar as tiras de frango reservadas e a marinada, envolver e deixar cozinhar (eu acrescentei também duas colheres de molho de soja);
Acompanhar com massa de arroz.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Prémio Passatempo de Verão da Vahiné

Não sei se se lembram mas há uns dias publiquei um post com uns cupcakes decorados com pasta de açúcar que se destinavam a um passatempo e no qual participei mesmo no último dia (para quem não leu aqui fica o link do post http://asvariasfacesdaginja.blogspot.pt/2014/09/caranguejo-em-pasta-de-acucar-passo.html ).


Estavam fofinhos mas qual não foi a minha surpresa quando me avisaram de que tinha sido uma das vencedoras do passatempo. :)
Obrigada, Vahiné pelo prémio fantástico!!!


Não tenho desculpa, tenho mesmo de continuar com os bolos (ou cupcakes, ou bolachas) decorados!!!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Arroz de frango à oriental

Hoje foi o dia de fazer arroz de frango à oriental. Estava com esta receita "debaixo de olho" desde que a minha querida Marisa do Sweet My kitchen a fez para a revista Robot Teleculinária de maio mas só hoje é que a fiz...
É uma receita diferente, fácil de fazer e que ficou aprovada cá em casa. As passas e os cajus dão-lhe um toque fantástico. 
Gostei mesmo muito, Marisa!!! :*






Como já perceberam os créditos da receita não são meus mas fica aqui a receita e já sabem, passem no Sweet My Kitchen que não se vão arrepender...

Ingredientes:
450 g peito de frango, em pedaços
300 g arroz Aromático Bom Sucesso
700 g água
1 cebola
2 dentes de alho
50 g azeite
2 c. chá açafrão das índias Suldouro
50 g passas
50 g sultanas
80 g cajú
Sal q.b.
Pimenta Suldouro q.b. 

Preparação Bimby:
Colocar no copo água, sal e um fio de azeite, o cesto com a carne e programar 15 min/ 100º/ Vel 3
Retirar o cesto com a carne e reserve o caldo; Colocar a carne no copo e desfiar 5 seg/ Vel 4 Inversa (eu não fiz este passo). Retirar e reservar.
Pesar o caldo e adicionar água até perfazer 900g de líquido, temperar com sal e pimenta, adicionar o açafrão e colocar o cesto com o arroz, programar 20 min7100º/ Vel 4. Retirar e reservar,
 No copo limpo, colocar a cebola e o alho, o azeite e picar 5 seg/ Vel 5 e refogar 5 min/ Varoma/ Vel 1
Adicionar o frango e programar 3 min/ 100º/ Vel colher Inversa;
Juntar as passas, sultanas e o cajú, envolver e juntar ao arroz reservado. Servir.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

A McCain está a mudar...

A McCain está a mudar...
A marca está a renovar a imagem mas com a qualidade e o sabor de sempre...
Se quiserem fazer como eu e ser um dos primeiros a conhecer a nova imagem da McCain  e a provar o novo produto, Forno Chips, as batatas com corte clássico para confeccionar no forno, então aproveitem para ir ao pingo doce mais próximo pois está em vigor a promoção dos 50%.

Eu não vou perder esta oportunidade!!!
Quem é amiga, quem é?!? :)

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Blog 24 Kitchen Portugal

Hoje foi o dia em que o M* foi conhecer a escola da mamã e, apesar da dor de costas que insiste em continuar, o dia foi calmo.
Quando cheguei a casa e fui ao mail fiquei super contente (e orgulhosa, admito!) pois fiquei a saber que o blog passou a fazer parte dos blogs recomendados do 24Kitchen!!!


Estou certa que a mudança de visual do blog contribuiu para esta aceitação daí que quero agradecer à minha amiga Morgadinha o tempo e a paciência investidos de modo a que o logótipo, banner, etc, "me chegassem ao coração".
Obrigada, amiga!!! <3
Obrigada, 24 kitchen Portugal!!!

"Dia M...": Cestinhas de bacalhau!!!

Hoje é o primeiro "Dia M..." (M de marmita!)!!!
A partir de agora, e todas as segundas-feiras (salvo algum imprevisto :P ), deixo-vos sugestões para levar para o trabalho. 
Assim, a primeira refeição, e porque o início de setembro ainda lembra as férias, optei por algo leve: cestinhas de bacalhau com salada mista!

Nunca tinha experimentado bacalhau em conserva mas mal abri a latinha percebi o porquê de associarem as Conservas Nero a comida gourmet... um bacalhau com uma cor linda e ao provar (sim, não resisti!) o sabor era fantástico!
Quando fui "emarmitar" (tradução: colocar a comida na marmita! ;) ) vejam como ficou...






Gosto cada vez mais da minha Monbento Smartlunch mas as cestinhas também ficaram lindas, não acham?!?
Mas não era só aspecto pois estavam muito boas... uma espécie de quiche mas em massa crocante (massa filo). O aneto (da Margão) dá um toque bem agradável, gostei...
Quanto à receita, embora seja daquelas para ir provando e ir rectificando os temperos a gosto, aqui fica...

Ingredientes: (para 6 cestinhas)
2 folhas de massa filo
1 lata de Bacalhau Naval
Azeite q.b. 
1/2 cebola (picada bem fina)
1/2 dente de alho
Polpa de tomate Compal da Horta q.b. (usei umas 2 colheres de sopa)
2 dl de molho bechamel
Sal q.b.
Pimenta Suldouro q.b.
Aneto Margão q.b.
Queijo ralado q.b.
manjericão para decorar

Preparação:
Colocar as folhas de massa filo sobre uma superfície e recortar, cada uma delas, em 6 quadrados;
Forrar cada espaço de uma forma para queques com uma das folhas e, com a ajuda de um pincel de cozinha, passar manteiga derretida;
Colocar um novo quadrado de massa filo em cada espaço, mas de forma desencontrada, e voltar a passar manteiga com o pincel; Reservar,
Para o recheio, refogar o alho e a cebola no azeite, temperar com o sal, a pimenta e o aneto e adicionar o bacalhau escorrido;
Envolver bem e acrescentar a polpa de tomate, deixando cozinhar uns minutos;
Adicionar o molho bechamel, reservando um pouco para recobrir as cestinhas, envolver e deixar cozinhar uns instantes; Se necessário, rectificar os temperos, e retirar do lume;
Encher as forminhas com o recheio, recobrir com o resto do molho bechamel reservado e polvilhar com o queijo ralado;
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC até ficarem douradas e servir com uma salada (ou arroz seco!) e decorado com folhas de manjericão.

domingo, 7 de setembro de 2014

Petit gateau dois chocolates

Ontem, para sobremesa, apeteceram-me um "petit gateau"... obviamente que, sendo fim-de-semana não hesitei e fi-los. Quando acabamos de jantar lá estavam os "petits gateaux" quentinhos à nossa espera. Enquanto eu tirava umas fotos (um tanto ou quanto à pressa), a outra ginja preparava o gelado para acompanhar.
As fotos podiam estar melhores (pois podiam...) mas foi o que consegui... :)




Ingredientes:
100g de Chocolate para culinária Pantagruel
50g de manteiga
3 ovos
20g de de Frutose Sidul (ou 3x essa quantidade de açúcar)
15g de farinha
6 quadradinhos de Chocolate Branco
6 quadradinhos de Chocolate Negro
Açúcar em pó Sidul

Preparação:
Aqueça o forno a 180°C;
Colocar o chocolate no copo e triturar 8 seg/ vel 9;
Com ajuda da espátula baixar o que ficou agarrado nas paredes do copo, juntar em seguida a manteiga, os ovos e o açúcar e programar 3 min/ 50ºC/ vel 2;
Adicionar a farinha e programar 10 seg/ vel 3;
Encher formas de queque previamente untadas com manteiga e polvilhadas com farinha até meio;
Colocar um quadrado de chocolate branco e um quadrado de chocolate negro e cobrir com a restante massa;
Levar ao forno cerca de 10 minutos;
Quando os vulcões estiverem prontos, decorar com o açúcar em pó Sidul;
Servir morno e acompanhar com morangos e uma bola de gelado (preferencialmente,  de nata)...
Bom apetite!!!

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Gelatina light de frutos vermelhos

Quem disse que uma sobremesa tão simples como uma gelatina light (Condi, claro!) não pode ter um aspecto fantástico?!?
Além de linda, podemos comê-la sem remorsos quando nos apetecer um docinho.
Quem também adora estas gelatinas é o M*!!!





Ingredientes: (para 6 gelatinas individuais)
1 embalagem de gelatina de frutos vermelhos light Condi
Frutos vermelhos (para colocar no interior da gelatina e para decorar)
Folhas de hortelã (para decorar)

Preparação:
Para fazer a gelatina, seguir as instruções da embalagem e distribuir por umas pequenas formas;
Depois, colocar alguns frutos vermelhos em cada forma;
No final, tapar as formas (caso tenham tampa, como as minhas) e colocar no frigorífico até servir;
Na hora de servir, desenformar as gelatinas e decorar com hortelã e frutos vermelhos.