terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Gambão no forno (Pescanova)

Por aqui, efectivamente, já não há festas sem gambão no forno.
 Adoro camarão no forno e desde que a Pescanova lançou o Gambão Argentino para o Forno que este tem sido uma constante na nossa mesa.



Estou a falar do melhor gambão alinhado em bandeja para o forno, temperado com azeite virgem extra e no ponto de sal. Em apenas 25 minutos no forno, podemos desfrutar de um requintado prato de um modo fácil, limpo e sem mais preocupações.
É só pré-aquecer o forno, colocar a bandeja (que já vem na embalagem) com os camarões, esperar 25 minutos"et voilá", estão prontos a servir... Além disso, o sabor deste camarão é fantástico, não o troco por nada!!!
Desejo a todos os meus parceiros, amigos e seguidores um Feliz Ano Novo e um 2020 repleto de saúde, amor e felicidade. 
Até para o Ano, conto com vocês desse lado!!! 💓

Filetes de pescada no forno com batata doce

O último dia do ano é um dia "de loucos" para muita gente mas para mim é realmente um dia marcante. Há 7 anos, preparava-me para o jantar de passagem do ano entre amigos quando "as águas" rebentaram. Como devem perceber, lá fui eu não para a festa mas sim para o hospital. No dia seguinte, primeiro dia do ano, nasceu o meu amor maior. 💓
Por isso, o dia 31 de dezembro é dia de levantar cedo e ir para a cozinha preparar as iguarias para a grande noite. Para o almoço, opto sempre por algo rápido, desta vez uns filetes de pescada no forno com batata doce.




O que acham desta sugestão? Estes filetes para forno com polme de farinha e ovo são muito bons e a batata doce para forno da McCain fica tão estaladiça e saborosa. Somos fã!!! 
Entretanto, por aqui já se fez pão recheado com enchidos (aqui), camarão cozido (aqui), flan pasteleiro com massa (aqui) e brownie de oreo. Até à noite muito mais se fará...
Depois conto tudo!!!
Beijinhos!!! 💓

Ingredientes:
1 embalagem de  Filetes (de pescada) forno em farinha e ovo Pescanova
1 embalagem de Batata Doce McCain
Salada de alface e nozes

Preparação:
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal os filetes e a batata-doce e levar ao forno pré-aquecido a 220ºC. 
Os filetes e a batata-doce levam (cerca de) 15 e 20 minutos, respetivamente, a ficar prontos mas a meio da cozedura costumo mexer as batatas e virar os panados. Servir acompanhados por uma salada.

domingo, 29 de dezembro de 2019

Bacalhau com camarão e leite de coco

Hoje, e para quem ainda não sabe que prato de bacalhau fazer para o jantar de passagem do ano, deixo-vos um bacalhau bem rápido de fazer e com ar de festa: bacalhau com camarão e leite de coco.



Por aqui esta foi mais uma receita aprovada.
Espero que gostem...
Boas Festas!!! 💓

Ingredientes: (3-4 pessoas)
1 embalagem de Bacalhau desfiado Pescanova
200g de Miolo de camarão grande Pescanova
1 cebola grande
30g Azeite
1 folha de louro
1 dente de alho
200ml de leite de coco
1 colher de sopa de farinha
250-300g de batata palha
Sal e pimenta q.b.

Preparação Bimby:
Cortar a cebola em rodelas finas, colocar no copo com o azeite e uma folha de louro (não esquecendo de retirar a nervura central) e programar 5 min/ 100ºC/ vel colher inversa.
Acrescentar as migas de bacalhau demolhadas e bem espremidas e programar 10 min/ 100ºC/ vel colher inversa; Temperar com o alho em pó e a pimenta.
Adicionar o miolo de camarão, previamente descongelado, polvilhar com a farinha e envolver bem com a espátula e programar 5 min/ 100ºC/ vel colher inversa.
Com a bimby na velocidade colher, ir acrescentando o leite de coco pelo bucal até obter uma mistura cremosa.
Retificar os temperos, colocar num pirex, envolver bem com a batata palha e levar ao forno pré-aquecido a 200ºC, apenas para "dourar".
Bom apetite!!!

sábado, 28 de dezembro de 2019

Rigatoni com camarão e argolas do mar

Se há receitas que são apreciadas cá em casa (pelo menos por mim e pelo M*!) são as que levam massa. As massas são realmente muito versáteis e existem tantas variedades diferentes! Hoje mesmo, usei um tipo de massa (da Delverde) que não conhecia, Rigatoni, que fiz com camarão e argolas do mar.




Ficou tão boa!!! Adoro estas refeições rápidas e que dão pouco trabalho.
E vocês, o que acham destas receitas? 
Até breve!!! 💓

Ingredientes: (para 3-4 pessoas)
2 embalagens de Miolo de camarão Pescanova
1 embalagem de Argolas do mar Pescanova
250-300g Rigatoni Delverde
1 cebola pequena
1 dente de alho
Polpa de tomate q.b.
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.
Salsa picada

Preparação:
Deixar descongelar o camarão e as argolas do mar, temperar a gosto (eu temperei com sal e pimenta) e reservar.
Descascar a cebola e o dente de alho e levar a refogar numa panela com o azeite.
Saltear os camarões e as argolas do mar e, depois de cozinhados, retirar e reservar.
Acrescentar a polpa de tomate, a água e o sal e deixar ferver.
Quando ferver adicionar a massa e ir mexendo de vez em quando.
Quando a massa estiver quase "al dente" acrescentar os camarões e argolas do mar reservados, envolver e deixar levantar fervura.
Rectificar os temperos e servir decorado com coentros picados.

Bolo de Chocolate com Pepitas com decoração de Ano Novo

Já passou a azáfama do Natal mas aproxima-se "a noite mais longa do Ano", a noite de passagem do Ano. Se optarem por passar essa noite em família porque não fazer um bolo bem simples como este Bolo de chocolate com pepitas da Condi e quem sabe até com ajuda dos mais pequenos.


Se não tem jeito para bolos, não desanime pois com estes bolos da Condi é difícil falhar. 
Os mais pequenos podem ficar com a tarefa de cortar os números em pasta de acúcar, por exemplo.
Eu fiz um bolo simples mas podem sempre fazer um creme para recheio e/ou cobertura.
Espero que gostem!!! 💓


Ingredientes:
1 embalagem de Bolo de Chocolate com Pepitas Condi
4 ovos
2 c. sopa de leite
125g de margarina
Farinha q.b.
Pasta de açúcar dourada

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 150⁰C. Untar uma forma e polvilhar com farinha.
Deitar o conteúdo da saqueta numa tigela e adicionar os ovos, o leite e a margarina previamente amolecida. Com a batedeira elétrica, à velocidade mínima, misturar até juntar todos os ingredientes. Bater seguidamente durante cerca de 5 minutos à velocidade máxima. 
Juntar algumas pepitas de chocolate ao preparado e mexer até ficar homogéneo. 
Verter a massa na forma e adicionar as restantes pepitas. 
Levar a cozer durante cerca de 30 minutos. Para verificar se o bolo está cozido fazer o teste do palito (se o palito sair limpo, o bolo está pronto).
Retirar o bolo do forno, deixar arrefecer e desenformar.
Para a decoração, estender a pasta de açúcar com a ajuda de um rolo da massa e em seguida recortar a pasta com formatos de números e ponteiros de um relógio.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Tagliatelle com camarão e bacon

Ontem ao almoço decidi experimentar uma das massas que recebi da Delverde e fazer um Tagliatelle com camarão e bacon.




As massas Delverde são feitas a partir da melhor sêmola de trigo e usando formas de bronze para preservar as suas propriedades e não me desiludiram, são fabulosas.
Estes pratos que adoro (bem como as luzes e decoração de Natal) são da DeBORLA.
Quanto à receita, mais simples é (quase) impossível e aqui fica...
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
Massa tagliatelle Delverde q.b (entre 60-80g/ pessoa)
2 embalagens de Miolo de camarão grande Pescanova
Bacon em cubos
1 lata pequena de Milho doce cozido
1 lata pequena de Cogumelos
Azeite, sal e pimenta q.b
Noz moscada q.b.
1 embalagem de creme de soja

Preparação tradicional:
Colocar um tacho ao lume com água e, quando levantar fervura, colocar o sal e a massa;
Quando a massa estiver "al dente", retirar a água e reservar;
Num wook ou frigideira anti-aderentes colocar um pouco de azeite e deixar aquecer um pouco;
Saltear o bacon e reservar;
De seguida, saltear o miolo de camarão, temperar com pimenta e sal (se necessário) e reservar;
Saltear por fim os cogumelos e milho e, no final, misturar o bacon e o miolo de camarão reservados. Adicionar o creme de soja, envolver e deixar ferver um pouco. Acrescentar um pouco de noz-moscada e misturar bem;
Pode optar por servir a massa e o "molho" em separado ou envolver antes.
Bom apetite!!! :*

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Mousse de Oreo

Hoje, véspera de Natal, várias vão ser as sobremesas mas uma não pode faltar ( a pedido do M*), Mousse de Oreo.


Esta receita já estava no blogue mas servida em taças individuais ( ver aqui) mas hoje optei por usar uma taça grande.
A mousse de Oreo é daquelas sobremesas que, por norma, agrada a toda a gente e é super fácil e rápida de fazer.
E porque não sei se consigo voltar aqui hoje, aproveito para desejar aos parceiros e seguidores do blogue um Natal repleto de Amor!!! 💓

Ingredientes:
2 embalagens de natas (bem frias e com, no mínimo, 33% de gordura)
14 bolachas Oreo
2/3 lata leite condensado light (Se gosta de sobremesas bem doces coloque a lata de leite condensado inteira)

Preparação Bimby:
Colocar no copo as bolachas e triturar uns 15 segundos a velocidade 6. Reservar.
Colocar no copo a "borboleta" e as natas bem frias (costumo colocar no congelador cerca de 20 minutos antes de as usar) e programar 2 min/ vel 3,5 sem o copo, para poder controlar a consistência. (Nota: Um pacote de natas demora aproximadamente entre 1,5 a 2 minutos, a bater, dependendo da quantidade de gordura e da temperatura.) Retirar a borboleta, adicionar o leite condensado e programar 20 seg/ vel 4.
Adicionar as bolachas oreos reservadas (pode guardar um pouco para decorar) e envolver bem com a espátula.
Decorar com o resto das bolachas trituradas e... saborear!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Bolachas de manteiga vidradas

A árvore está decorada e já começaram as receitas da quadra natalícia. No sábado, a pedido do M*, a tarde foi passada a fazer bolachas para ele oferecer. Fizemos bolachas de vários tipos entre as quais estas bolachas de manteiga vidradas.


Digam lá se não ficam umas bolachas vistosas? O M*, adorou!!!
Para além destas bolachas fizemos também outras de manteiga mas recheadas com Nutella e ainda umas de cacau. No final da tarde, o meu filhote estava cansado mas feliz.
Quem não gostaria de receber uma prenda apetitosa feitas com tanto amor?!?
E vocês, costumam oferecer destes presentes "Homemade"?
Boas Festas!!! 💓

Ingredientes: (para aprox. 30 bolachas)
150g de manteiga à temperatura ambiente
100g de açúcar
1 saqueta de açúcar baunilhado Vahiné
3 ovos
500g de farinha
Rebuçados coloridos

Preparação Bimby:
Colocar a manteiga, o açúcar, o açúcar baunilhado, ovos e farinha no copo e programar 15 seg/ vel 6 (verificar se obtém uma mistura homogénea caso contrário voltar a programar 15 seg/ vel 6);
Formar uma bola com a massa, envolver em película aderente e deixar repousar durante, pelo menos 1 hora, no frigorífico;
Depois disso, estender a massa com um rolo até obter uma espessura de cerca de 5mm e usando cortantes cortar as bolachas. Neste caso, utilizar dois cortadores em estrela, um grande e outro mais pequeno para a estrela central. No final, fazer um furinho na estrela com a ajuda de um palito para o caso de, depois de prontas, querer colocar um fio e pendurar.
Depois de cortadas dispor as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e colocar o equivalente a meio rebuçado partido no centro (parti-os com a ajuda do rolo da massa).
Levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC,  durante uns 8-10 minutos mas vigiando a cozedura para não ganharem muita cor. As bolachas devem estar moles quando forem retiradas do forno para não ficarem muito duras.
Quando prontas, retirar do forno, deixar arrefecer numa grelha e depois... saborear ou oferecer!!! 💓

domingo, 8 de dezembro de 2019

Filhós de forma

Hoje foi o dia de revisitar as filhós de forma que estavam no blogue.
Além de saborosas, fazem-se num instante e, aqui entre nós, ficam lindas, não ficam?!?

 


O formato depende do ferro para filhós que usarem. Eu tenho 3 diferentes mas sei que existem bem mais formatos. No que respeita à receita, vi numa revista uma versão sem açúcar mas eu optei por adoçar ligeiramente a massa. Além disso, em vez do açúcar em pó polvilhei-as com açúcar e canela.
E por aí, já fizeram estas filhós? Preferem com ou sem açúcar na massa?
Quanto às decorações, luzes e prato para bolo (que adoro!!!) são da DeBorla. Já agora, já visitaram a DeBorla nesta quadra Natalícia? Tem decorações de Natal para todos os estilos e gostos e lá encontrarão presentes adequados a todas as idades. 
Até breve!!! 💓
Ingredientes:
150g de farinha
150g de leite
3 ovos
Açúcar q.b. (usei pouquíssimo só para adoçar ligeiramente a massa)- Opcional
Licor de laranja (ou outro) q.b.
Açúcar e canela para polvilhar (ou açúcar em pó)
Óleo para fritar

Preparação:
Deitar a farinha no copo, juntar o leite, os ovos, o açúcar e o licor e programar 30 seg/ vel 6;
Passar a espátula e programar de novo 30 seg/ vel 6; 
Colocar numa tigela;
Entretanto, levar uma frigideira ao lume com um pouco de óleo;
Quando estiver quente, mergulhar a forma para filhó, retirar (e escorrer) e mergulhar na massa e, logo de seguida, colocar na frigideira;
Sacudir a forma para a filhó se soltar e deixar dourar; Repetir até acabar a massa;
Colocar a escorrer sobre papel de cozinha e polvilhar com açúcar e canela ( ou açúcar em pó)!!!

sábado, 7 de dezembro de 2019

Panquecas Natalícias

No dia 1 de dezembro, e como já vem sendo tradição, montamos a Árvore e entramos oficialmente em "modo Natal". Eu  e o M* adoramos esta quadra e no fim de semana decidimos "vestir" as panquecas da Condi de Boneco de Neve.



O que acham desta ideia para fazer com os mais pequenos. Nós por aqui gostamos.
Fica então a ideia!!!
Beijinhos 💓

Ingredientes:
1 saqueta de Preparado para Panquecas Condi
1 colher de sopa de óleo
1 ovo
150ml de leite
Coco ralado Condi (opcional)
Drageias de chocolate coloridas (opcional)

Preparação:
Deitar o conteúdo de uma saqueta numa tigela e adicione 1 ovo, 1 colher de sopa de óleo e 150 ml de leite.
Com a batedeira elétrica, à velocidade mínima, misturar até obter uma massa homogénea.
Levar ao lume brando uma frigideira antiaderente untada com óleo. Quando estiver quente, verter uma pequena quantidade de massa na frigideira (Para o boneco de neve deverá fazer panquecas de dois tamanhos diferentes). 
Deixar formar bolhas e virar a panqueca. Ambos os lados devem ficar com uma cor dourada. 
Na altura de servir, colocar uma panqueca pequena e uma maior e decorar com o coco ralado e as drageias de chocolate coloridas. 

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

“Beira Baixa: 3 Dias, 3 Experiências”

No fim de semana passado tive a oportunidade de, a convite da CIMBB, participar na “Beira Baixa: 3 Dias, 3 Experiências”. A Beira Baixa, terra que me acolheu há mais de 15 anos, apresenta uma grande riqueza tanto do ponto de vista da biodiversidade, como da geologia, cultura e gastronomia mas, desta vez, o verdadeiro protagonista foi o azeite. Por motivos profissionais, e com muita pena minha, só me juntei à equipa de jornalistas e bloggers convidados, no segundo dia. 
Esse dia começou no olival Real Idanha, local de origem do Azeite Egitânea, com a apanha da azeitona, seguida da visita ao Lagar de Varas de Idanha-a-Velha e de uma prova sensorial de azeite. 







 Idanha-a-Velha é linda e pitoresca!!!




 Ao almoço, que teve lugar na Adega Típica o Cruzeiro em Monsanto, o azeite marcou presença no polvo à lagareiro com migas de couve portuguesa e broa de milho. 

Depois do almoço, seguimos em direção ao Ladoeiro para no lagar da Cooperativa CoopAgrool – SAIPOL acompanhar todo o processo da produção do azeite, desde a recepção da azeitona até à obtenção do produto final.


De seguida, visitamos o lagar móvel e o Núcleo do Azeite em Proença-a-Velha com direito a degustação de produtos regionais (aS tentações das fotos são da Geocakes!). No final do dia, ficamos a perceber o porquê do Azeite da Beira Baixa ser um produto de tão grande qualidade e sabor.



Para terminar o dia em grande, o jantar foi no restaurante Helana onde, para além de nos receberem com a atuação das Adufeiras de Idanha-a-Nova, nos serviram um fabuloso bacalhau com molho de enchidos em papelote. 

A noite foi passada no Hotel Fonte Santa nas Termas de Monfortinho e foi uma agradável surpresa. Os quartos são lindos, acolhedores e super confortáveis e o espaço exterior é lindo. Aquele terraço com vista para a piscina e toda aquela vegetação deu-me vontade de lá voltar na primavera ou verão.




No domingo, logo pela manhã, rumamos a Penha Garcia para um “Passeio Micológico” pela Quinta do Vale Feitoso com a orientação do Engenheiro Gravito Henriques. Encontramos muitas espécies de cogumelos silvestres e aprendemos muito mas confesso que ainda não confio nos meus dotes para identificar os comestíveis.  Ao almoço, os cogumelos silvestres foram o ingrediente principal dos vários pratos apresentados, desde a sopa às empadas e quiches.





Foi uma viagem fantástica em que fiquei a conhecer melhor o “nosso” Azeite e tive a oportunidade de conviver com um grupo super bem-disposto, conhecer outros bloggers e partilhar experiências e vivências. 
A quem não conhece a Beira Baixa e aprecia Natureza, Gastronomia e Cultura fica o convite, verão que não se vão arrepender.
Quem sabe se não encontram esta Ginja por estes lados!

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Gelatina vegetal de morango Condi

Durante a semana tentamos ter uma alimentação saudável e por isso tenho muitas vezes gelatina para eventuais "ataques de gula" mas foi a primeira vez que usei gelatina vegetal. 


A gelatina vegetal solidifica muito mais depressa mas no que respeita ao sabor é muito idêntica à tradicional.
Por isso, caso não tenham muito tempo, esta é a opção ideal. 
E vocês, já experimentaram estas gelatinas?
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
1 embalagem de Gelatina de origem Vegetal de Morango Condi
500 ml de água


Preparação:

Dissolver o conteúdo da saqueta de gelatina em 500 ml de água a ferver.
Mexer até o pó ficar bem dissolvido.
Colocar a gelatina numa forma ou em taças individuais e conservar no frigorífico até servir.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Feijoada de tiras de pota e chouriço

E chegou o horário que odeio e que é o maior inimigo das minhas fotos, o horário de inverno.
Não gosto nada de fotos tiradas de noite mas, nesta altura, não tenho outra opção.
A primeira receita com "fotos noturnas" desta temporada são de uma feijoada de tiras de pota com chouriço.



Este é um daqueles pratos que adoro comer quando o frio chega mas as fotos não lhe fazem jus. Além disso, mesmo para levar na marmita ficam bons e são nutritivos.
E vocês, gostam deste tipo de feijoadas?
Até breve!!! ❤

Ingredientes: (2-3 porções)
1 embalagem Tiras de Pota Pescanova
1 cebola pequena
100g cenouras às rodelas
1 chouriço corrente
30g de azeite
20g de vinho branco
80g de água
70g de polpa tomate Compal da Horta
1 folha de louro (sem nervura)
1 lata grande de feijão branco Compal da Horta
Pimenta q.b.
Sal q.b.

Preparação Bimby:
Deitar no copo a cebola, os alhos e o azeite e picar 6 seg/ vel 5 e, de seguida, refogar 5 min/100ºC/ vel 1;
Enquanto isso, cortar as tiras de pota em pedaços, e as cenouras e o chouriço às rodelas;
Adicionar ao refogado as cenouras e o chouriço e programar 1 min/100ºC/ vel colher inversa;
Juntar os pedaços de pota, a polpa de tomate, o vinho, a água, a folha de louro, sal e pimenta e programar 20 min/ 100ºC/ vel colher inversa;
Por fim, adicionar as latas de feijão e programar 4 min/100ºC/ vel colher inversa. Se necessário, rectificar os temperos.
Servir acompanhado com arroz branco!!! :)

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Quiche de aproveitamentos

Por aqui o trabalho abunda, mas entre os testes para fazer e os relatórios e questões-aula para corrigir, tenho de arranjar tempo para fazer o almoço (para levar para o trabalho) e o jantar. Por isso tento agilizar e sai uma quiche com as coisas que havia no frigorífico: miolo de camarão, delícias do mar, milho, ovos de codorniz e tomate cherry.



Digam lá que não fica uma refeição bem apetitosa para levar para o trabalho.
Vá, se uma fatia da quiche não chegar podem colocar duas já da salada, abusem à vontade!!! 
E vocês, quando estão com pouco tempo que tipo de receitas fazem?
Até breve!!! 💓


Ingredientes para a massa (tipo massa quebrada):
200g farinha
90g margarina
45g água
Sal q.b.

Ingredientes para o recheio (4 pessoas):
Miolo de camarão Pescanova q.b.
Delícias do mar Pescanova q.b.
4 Ovos de codorniz (cozidos e cortados ao meio)
Milho cozido q.b.
Tomates cherry q.b.
Azeitonas pretas q.b.
Para o creme:
4 ovos
500g de leite
50g de farinha
Sal q.b.

Preparação:

Colocar no copo (da Bimby) todos os ingredientes para a massa e programar 15 seg/vel 6;
Estender a massa com a ajuda de um rolo e forrar uma tarteira;
Colocar no copo os ovos, o leite, a farinha e uma pitada de sal e programar 20 seg/vel 5 e reservar; 
Colocar os ingredientes do recheio sobre a massa e, com cuidado, deitar a mistura reservada;
Levar ao forno, pré aquecido a 180ºC, até ficar pronta.

Nota: Usei a Bimby porque facilita realmente a parte de fazer a massa. Quem optar por usar massa quebrada fresca pode misturar os ovos, leite e farinhas com varas de arame!!!

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Salada de massa (sem glúten), camarão e ovos de codorniz

Para começar a semana de forma saudável fiz uma salada de massa sem glúten, camarão e ovos de codorniz para o meu almoço.





Esta massa é da GÜDO, uma marca Italiana de massas secas, tostas e crackers, biscoitos, pão e farinhas sem glúten, e é feita de farinha de ervilha. 
Depois, foi só selecionar outros ingredientes saudáveis, escolher o molho (neste caso, o meu preferido, molho cocktail, embora não seja a opção mais saudável!) e colocar tudo na minha Box Apetit da gama Black+ Blum da Smartlunch.
Gosto muito dela mas o que acho mesmo fantástico é o facto de vir com separado, recipiente para molhos (para a salada, por exemplo) e ainda com talher!!! :)
Mas passemos à receita...

Ingredientes:
Miolo de camarão Pescanova
Massa sem glúten da GÜDO q.b.
Ovos de codorniz q.b.
Milho cozido q.b.
Tomate cereja q.b.
Azeite q.b.
1/2 dente de alho picado
Paprica opcional
Sal q.b.

Preparação:
Num tacho com água temperada com sal, cozer a massa "al dente", escorrer e reservar.
Cozer os ovos de codorniz, descascar e reservar.
Num wook, colocar um fio de azeite, o alho picado e deixar saltear; Acrescentar o miolo de camarão, previamente temperado com sal e, se gostar um pouco de paprica, e deixar saltear. 
Colocar a massa, os ovos de codorniz, o milho, o  tomate cereja e o miolo de camarão na marmita e, na hora de comer, adiconar o molho!".

sábado, 26 de outubro de 2019

Pizza Havaiana

Chega mais um fim de semana e, pelo menos por aqui, o tempo está fantástico. Como tenho mais tempo optei por fazer uma Pizza Havaiana para o almoço, bem ao gosto da outra Ginja.



Estas pizzas caseiras são um vício e até o M* gosta.
E por aí, qual foi o almoço de sábado?
Beijinhos!!! 💓


Ingredientes para massa da pizza:
200g água
50g azeite
1 c. chá de sal
400g farinha
1 saqueta de fermento de padeiro Vahiné

Ingredientes para o recheio:
Miolo de camarão Pescanova q.b.
Refogado de tomate Compal da Horta q.b.
Fiambre q.b.
Ananás aos pedaços (usei de conserva)
Azeitonas pretas
Queijo mozarrela ralado q.b.

Preparação:
No copo colocar a água, o azeite e o sal e programar 2 min/37ºC/vel 2;
Adicionar a farinha e o fermento e programar 2 min/ vel espiga; Retirar e deixar levedar num local morno até dobrar de volume;
Numa superfície polvilhada com farinha e com a ajuda de um rolo estender a massa de modo a que fique fina;
Colocar os ingredientes, começando pelo refogado de tomate, depois os restantes, finalizando com o queijo ralado.
Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC (mas depois de aquecido costumo baixar para os 180ºC) durante cerca de 20 minutos (este tempo pode variar de forno para forno).
Servir com uma salada.