quinta-feira, 29 de março de 2018

Coleção Spring Living da DeBorla

Depois de umas semanas de trabalho intenso, esta é altura ideal para ir descobrir a coleção Spring Living da DeBorla.
Quem segue o blog sabe que esta é uma das minha lojas favoritas pois consigo encontrar as últimas tendências e os mais variados estilos, a preços acessíveis. É quase impossível ir à loja e sair sem comprar nada. O problema é que gosto sempre de imensa coisa mas, obviamente, não posso trazer tudo.
Normalmente, as minhas escolhas recaem sobre acessórios e utensílios de cozinha (ou não fosse essa a vertente mais marcada do blog!) mas posso garantir-vos que já perdi várias vezes a cabeça com artigos de decoração para o resto da casa.
Ao ver o catálogo da coleção Spring Living fiquei logo fascinada pelo ambiente étnico da capa. Adorei sobretudo as plantas artificiais, os cestos (adoro cestos!!!) e o tapete. Mas "ao vivo e a cores" são ainda mais lindos!!!


Mas o que escolhi, perguntam vocês?!?
Então vamos lá desvendar "as escolhas da Ginja"!!! :)
Ora bem, como não podia deixar de ser escolhi um carrinho de apoio que tem tanto de útil como de bonito devido à combinação de metal e madeira. Além disso, está em promoção!!! ;)


É lindo, não é?!?
Como podem ver na foto, não resisti às plantas artificiais e trouxe uma maior (que podem ver ao lado do carrinho) e uma pequena alfazema num vaso.
Mas vamos ver melhor o que tenho no carrinho...


Ora bem, trouxe mais frascos com fecho hermético... Gosto imenso deles para servir sobremesas mas estes vão ser usados para organizar as minhas especiarias mas isso fica para outro post. :)
Trouxe mais umas cocottes, desta vez em preto e de forma oval. Adoro usá-las para servir pratos principais ou acompanhamentos. Mas se não gostam do preto existem também em vermelho e cinzento e em outros formatos.
Escolhi também um prato em forma de folha que achei lindo. Acho que da próxima vez trago mais um ou dois!!! Já estou a imaginá-lo na mesa com a minha toalha com estampado de folhas!!! 


Escolhi mais uns frascos para especiarias e umas formas para queques que usarei em breve. :)
É claro que, por minha vontade, escolhia mais umas quantas coisas mas... fica para a próxima!!!
Quanto a vocês se ainda não viram o catálogo podem vê-lo aqui mas se tiverem uma loja DeBorla perto façam uma visita pois não se vão arrepender.
Até breve e boa Páscoa!!! ♥

quarta-feira, 28 de março de 2018

Folar de maçã e nozes

Por aqui está sol... Estamos na Primavera e a Páscoa aproxima-se a passos largos.
Esta altura recorda-me um episódio da minha infância quando cheguei a Portugal e senti pela primeira vez o que era a Páscoa.
Lembro-me de ter ficado maravilhada com o facto de, naquela pequena aldeia nortenha, todos abrirem as portas de suas casas para receber o Cristo ressuscitado e quem o acompanhava. A cada casa, aumentava o número de pessoas que acompanhava o "compasso" e, no final, a aldeia estava toda reunida e a alegria era sincera e contagiante.
É claro que a par da parte religiosa há também a tradição gastronómica e se há coisa que rima com a Páscoa são os folares, sejam doces ou salgados!!! A minha sugestão é um folar doce de maçã e nozes combinação que adoro!!! 




Adoro a massa fofa (do folar) e o cheirinho que fica pela casa.
Seja qual for o recheio,  chocolate, gila ou maçã, é sucesso garantido!!! Além disso, estes folares de "flores" ficam lindos em qualquer mesa!!!
Os acessórios usados para a confeção deste folar são da DeBorla e o cake-stand (lindo de morrer!!!) e as flores, também!!! ♥
Se gostam destas massas lêvedas como eu, não hesitem e experimentem pois no final terão a vossa recompensa logo ali!!! ♥
Até breve e, já agora uma boa Páscoa!!!♥


Ingredientes: (Para 7 pessoas)
600g de farinha
175g de manteiga (ou margarina)
150g de Açúcar Amarelo
2-3 maçãs
3 ovos grandes
150 ml de leite morno
1 saqueta de Fermento de Padeiro
1 pitada de sal
Margarina líquida q.b.

Preparação tradicional:
Numa tigela dissolver o fermento no leite morno;
Juntar a manteiga ou margarina derretida, os ovos, a farinha, cerca de 2/3 do açúcar, a pitada do sal e amassar até ficar com uma massa homogénea.
Enrolar a massa e levar a levedar em local morno até dobrar de volume.
Amassar novamente (se a massa estiver pegajosa acrescentar um pouquinho de farinha e amassar) e estender a massa formando um rectângulo.Barrar com margarina líquida, polvilhar com o resto do açúcar, espalhar as nozes e as maçãs, descascada e partidas aos cubos. Enrolar como se fosse uma torta, cortar em fatias grossas e dispor numa forma untada com manteiga ou margarina.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40-50 minutos e servir decorado a gosto.

Preparação Bimby:
No copo colocar o leite e o fermento e programar 3 min/ 37C/ vel 1;
Juntar a manteiga ou margarina derretida, os ovos, a farinha, cerca de 2/3 do açúcar, a pitada do sal e amassar até ficar com uma massa homogénea, começando por programar 1 min/ vel 3 e depois 3 min/ espiga;
Retirar a massa e levar a levedar em local morno até dobrar de volume.
Ao ir estender, se a massa estiver pegajosa acrescentar um pouquinho de farinha e amassar um pouco.
Estender a massa formando um rectângulo. Barrar com margarina líquida, polvilhar com o resto do açúcar, espalhar as nozes e as maçãs, descascada e partidas aos cubos. Enrolar como se fosse uma torta, cortar em fatias grossas e dispor numa forma untada com manteiga ou margarina.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40-50 minutos e servir decorado a gosto.

terça-feira, 27 de março de 2018

Folar de custard

Com a Páscoa a aproximar-se a passos largos coloquei, literalmente, as mãos na massa e fiz um folar bem doce. Depois de pensar no recheio, optei por inventar e saiu um folar de custard.





O recheio de custard é parcialmente absorvido pela massa tornando-a (ainda) mais fofa e aromatizada.
Adoro quando as minhas "invenções" correm bem!!! 
Beijinhos!!! ♥

Ingredientes
Para o folar:

600g de farinha
175g de margarina
150g de açúcar
3 ovos grandes
150ml de leite
1 saqueta de Fermento de Padeiro Condi
1 pitada de sal
Margarina e farinha q.b. para untar a forma

Para o recheio:
50g de margarina
500ml de leite
5 colheres de sopa de Creme Custard Baunilha Condi
3 colheres de sopa de açúcar
casca de limão q.b.
1 pau de canela

Preparação tradicional:
Numa tigela dissolver o fermento no leite morno;
Juntar a margarina derretida, os ovos, a farinha, e o açúcar, a pitada do sal e amassar até ficar com uma massa homogénea.
Enrolar a massa e levar a levedar em local morno até dobrar de volume.
Amassar novamente e estender a massa formando um rectângulo. Reservar.
Preparar um creme custard espesso e para isso, dissolver 5 colheres do Creme Custard da Condi no leite e misturar bem;
Adicionar os restantes ingredientes do custard e levar a lume brando, mexendo sempre até obter um creme espesso (de modo a que não se espalhe quando formos barrar sobre a massa!).
Barrar  a massa reservada com o custard e enrolar como se fosse uma torta.
Cortar o rolo formado em fatias grossas e dispor numa forma untada com margarina e polvilhada com farinha. Por cima, pode colocar nozes para decorar.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40-50 minutos, deixar arrefecer e servir.

Preparação Bimby:
No copo colocar o leite e o fermento e programar 3 min/ 37C/ vel 1;
Juntar a margarina derretida, os ovos, a farinha, o açúcar, a pitada do sal e amassar até ficar com uma massa homogénea, começando por programar 1 min/ vel 3 e depois 3 min/ espiga;
Retirar a massa e levar a levedar em local morno até dobrar de volume.
Estender a massa formando um rectângulo.
Barrar com o custard preparado e enrolar como se fosse uma torta.
Cortar o rolo formado em fatias grossas e dispor numa forma untada com margarina e polvilhada com farinha. Por cima, pode colocar nozes para decorar.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 40-50 minutos, deixar arrefecer e servir.

sábado, 17 de março de 2018

Tartelettes de custard

Estes dias de chuva são o convite ideal para ir para a cozinha. 
Adoro estes dias sem sair de casa...
A única coisa que não aprecio é a pouca luz para as fotografias mas, paciência... Pelo menos a decoração das minhas tartelettes de custard ficou como eu tinha idealizado. ♥






Costumo fazer o meu custar mas desta vez foi bem mais rápido pois usei o preparado para creme custar (baunilha) da Condi. Assim, tive mais tempo para me dedicar à decoração feita a pensar na Páscoa e na primavera!!!
O que acham desta sugestão?!?
Fico a aguardar a vossa visita e o vosso feed-back!!! ♥

Ingredientes
para a massa sablé: (5-6 tartelettes)
100g de açúcar (pode optar por colocar apenas 80g se gostar de pouco doce)

300g de farinha

150g de manteiga

1 pitada de sal

2 gemas de ovo

20g de leite

Para o recheio:
50g de margarina
500ml de leite
4 colheres de sopa de Creme Custard Baunilha Condi
3 colheres de sopa de açúcar
casca de limão q.b.
1 pau de canela
Morangos, mirtilos, framboesas e folhas de hortelã para decorar q.b. (opcional)

Preparação:
Para a massa sablé, colocar no copo do robot o açúcar e pulverizar 15 seg/ vel 9;
Adicionar os restantes ingredientes e programar 15 seg/ vel 5;
Estender a massa com a ajuda de um rolo e forrar as formas para tartelettes, picar o fundo com a ajuda de um garfo e reservar;
Pré-aquecer o forno a 180ºC e levar a tarte a cozer até estar dourada. Retirar e reservar.
Para o creme custard, dissolver 4 colheres do Creme Custard da Condi no leite e misturar bem;
Adicionar os restantes ingredientes e levar a lume brando, mexendo sempre até obter um creme espesso (ponto estrada);
Colocar o creme nas tarteiras forradas com massa, retirando o pau de canela, e decorar a gosto com os frutos e folhas de hortelã;
Deixar arrefecer e colocar no frigorífico até à altura de servir.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Evento Continente Magazine

Conhecem a revista "Continente Magazine"?!?
Claro que conhecem... Costumo gostar sempre de folhear esta revista e descobrir as sugestões que nos propõem em cada edição mas, este mês, estava ansiosa por ter a revista na minha mão. 
Porquê, perguntam vocês?!
Ora bem, depois de ter ganho a rubrica "Receita do leitor"do mês de junho fui convidada eu, e os vencedores das restantes edições de 2017, a assistir à produção fotográfica da edição da Continente Magazine, do mês de Março.


Assim, no dia 23 de janeiro lá fui eu passar a manhã num estúdio (com cozinha!), acompanhada da Alexandra Abrantes do Blog Bimbexpress e da equipa da Continente Magazine. 
O ambiente foi fantástico e a equipa, super amável e bem-disposta, e recebeu-nos da melhor maneira. 
Durante a sessão ficamos a conhecer um pouco dos bastidores da revista e fomos aprendendo alguns truques com profissionais.
No final, e depois de um fabuloso almoço onde provamos algumas das iguarias que aparecem na revista, ainda tivemos direito a um livro e a um certificado.


Obrigada, Continente Magazine pelo convite e por nos terem recebido tão bem!!! ♥

segunda-feira, 5 de março de 2018

Panquecas de polvilho, mandioca e coco

Quando tentamos seguir uma dieta alimentar mais equilibrada por vezes pode ser complicado saber o que comer, por exemplo, ao pequeno-almoço. Andava eu pela blogosfera quando vi umas panquecas que não levavam farinha de trigo ou aveia mas sim polvilho. 



Além disso, estas panquecas levam claras de ovo e queijo quark sendo por isso uma boa opção para quem quer consumir proteína. Quanto aos restantes ingredientes que usei e às quantidades fui fazendo e vendo aquilo que gostava mais e fi-las várias vezes antes de vos deixar a receita.
Cada um pode adaptar ao seu gosto e depois escolher a cobertura. Aqui em casa, somos fãs da manteiga de cajú (ver aqui).
Quanto à decoração e prato já sabem que é da DeBorla!!!
Se experimentarem digam se gostaram ou se fizeram alguma alteração!!!
Até breve!!! ❤

Ingredientes: (4 porções)
1/2 chávena de claras
1 ovo
2 colheres de sopa de quark
2 colheres de sopa polvilho
2 colheres de sopa de farinha de mandioca
1 colher de sobremesa de mel (ou podem usar stevia)
Coco ralado q.b.
1 colher de  sopa óleo coco

Preparação:
Colocar todos os ingredientes no liquidificador e misturar bem (eu usei Bimby e programei 10 seg/vel 5).
Aquecer a frigideira untada com óleo de coco e colocar pequenas porções de massa.
Quando dourada, virar e deixar cozinhar do outro lado.
NOTA: Estas panquecas devem ser cozinhadas em lume bem brando de modo a não queimarem e, no entanto, não ficarem mal cozidas no interior.