quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Pizza de frutos do mar

O mês de agosto está a chegar ao fim e com ele as férias mas antes de começar a deprimir, vamos aproveitar ao máximo o tempo que resta. 
Hoje foi dia de uma receita de verão: pizza de frutos do mar.



Esta é uma pizza de base de natas (que adoramos!) e recheio guloso de frutos do mar, nomeadamente, mexilhões, argolas do mar, miolo de camarão e delícias do mar.
Na verdade, acho que com estes ingredientes uma base de tomate com muito orégão também não devia ficar mal.
O que acham desta sugestão?!?
Até breve!!! 💓

Ingredientes para massa da pizza: (Dá para 2 pizzas como a da foto. Para fazer apenas uma, fazer metade da receita)
200g água
50g azeite
1 c. chá de sal
400g farinha
1 saqueta de fermento de padeiro Vahiné

Ingredientes para o recheio:
Argolas do mar Pescanova  q.b.
Delícias do mar Pescanova q..b.
1 pacote de natas para culinária light
1 lata pequena de milho cozido
Queijo ralado q.b.

Preparação:
No copo colocar a água, o azeite e o sal e programar 2 min/37ºC/vel 2.
Adicionar a farinha e o fermento e programar 2 min/ vel espiga; Retirar e deixar levedar num local morno até dobrar de volume.
Numa superfície polvilhada com farinha e com a ajuda de um rolo estender a massa de modo a que fique fina, colocar os ingredientes do recheio deixando as natas e o queijo para o fim. (NOTA: o pescado deverá estar previamente descongelado e podem optar por saltear o miolo de camarão em um fio de azeite com dentes de alho para ganhar sabor)
Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC (mas depois de aquecido costumo baixar para os 180ºC) durante cerca de 20 minutos (este tempo pode variar de forno para forno).
Servir acompanhado por uma salada.

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Bacalhau com legumes

O fim-de-semana passou e não tive tempo de escrever o post do bacalhau gratinado com legumes que comemos ao jantar. Na verdade, quando fui tirar as fotos a luz estava fraca mas o bacalhau estava bom.




Esta é uma daquelas receitas em que conseguimos colocar vários legumes e as crianças comem sem se aperceberem. 
Fica aqui então a receita...
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
Pão seco partido aos pedaços
2 dentes de alho
2 cebolas grandes
2 dentes de alho
4 cenouras
50g de azeite
1 courgete grande
1,5 embalagem de Bacalhau Desfiado e Demolhado Pescanova (cerca de 600g)
300g batata palha ( + ou -)


Preparação Bimby:

Colocar no copo o pão e dar 1 ou 2 toques de turbo e depois programar 15 seg./ Vel 9. Retirar e reservar;
Colocar no copo as cebolas, os dentes de alho e as cenouras, tudo cortado em pedaços. Programar 6 seg / vel 5. Juntar o azeite e refogar a 4 min/100ºC/ vel 1;
Adicionar a courgete em pedaços, triturar 5 seg/ Vel 5. Baixar os resíduos com a espátula e programar 3 min/100ºC/vel 1;
Retirar metade do refogado e reservar;
Colocar num tabuleiro de ir ao forno metade das batatas palha e colocar por cima do refogado. Envolver bem e reservar;
Cozer o bacalhau (podem optar pela Bimby ou não).
Juntar o bacalhau cozido, e envolvido no resto do refogado, ao tabuleiro.
Preparar o molho béchamel (ver receita aqui) e, quando pronto, colocar no tabuleiro e envolver tudo com a ajuda da espátula. Colocar por cima o pão ralado e levar ao forno para gratinar durante aproximadamente 15 minutos.

domingo, 25 de agosto de 2019

Fish and chips

Hoje o dia esteve nublado mas ainda assim com temperaturas nos 30ºC, ou seja, o ideal para um "almoçar fora". Hummm, sabe tão bem!!!
Como não tenho vontade de passar muito tempo na cozinha optei pela minha versão rápida de "fish and chips".




O meu "fish and chips" consiste nos filetes tipo caseiro da Pescanova e nas batatas fritas Fry 'N' Dip da McCain. Ambos podem ser confeccionados no forno, o que os torna mais saudáveis e são muito saborosos. 
Estas batatas fritas, para quem ainda não conhece, têm a forma de uma telha, para  facilitar a "recolha" do molho, são "carnudas" como eu gosto e ficam super estaladiças.
Eu optei por fazer uma salada de tomate e beber néctar de pêra homemade (ver aqui), claro.
Para a sobremesa fiz umas rosas de maçã (receita aqui) umas com canela e outras sem


Temos de aproveitar para almoços assim enquanto podemos pois não tarda muito chega o início do ano letivo e o inverno. 
Mas não vou começar já a deprimir pois ainda tenho uma semana de férias!!!
O que acharam da minha sugestão?!?
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
Molho à escola para acompanhar (optei por ketchup)

Preparação:
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal os filetes e as batatas fritas e levar ao forno pré-aquecido a 220ºC.
Os filetes e as batatas levam cerca de 15 minutos a ficar prontos mas a meio da cozedura costumo mexer as batatas e virar os panados.
Servir acompanhados com um molho a gosto e uma salada.

sábado, 24 de agosto de 2019

“Melancias” de Gelatinas Light

E eis que temos realmente o verão... Por aqui as temperaturas estão acima dos trinta graus ( bem perto dos 40ºC) e só se está bem na água. 
Com este calor sabem bem sobremesas frescas e melhor ainda se as pudermos comer sem culpa como é o caso destas "Melancias” de Gelatinas Light.






Ficaram engraçadas, não acham?!? Além disso a combinação destes 2 sabores e da camadinha de leite de coco fica mesmo muito bem.
Digo mais, esta é uma boa ideia para festas de aniversário, servidas em pequenos copos (tipo copos de café!). Como podem ver, não é preciso grande coisa a não ser imaginação.
Espero que tenham gostado!!! 
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
1 saqueta de Gelatina Light de Melancia Condi
1 saqueta de Gelatina Light de Frutos Tropicais Condi
0,5L de água quente
0,5L de água fria
200g de leite de coco light Condi
6g de Gelatina Neutra Condi
Pepitas de chocolate (opcional)

Preparação:
Preparar a gelatina Condi de frutos tropicais conforme as instruções da embalagem e colocar uma pequena camada em cada copo ou taça. Levar ao frigorífico até solidificar completamente. 
Colocar 200g de leite de coco light numa taça e mexer para homogeneizar. 
Dissolver a gelatina em pó num pouco de água (até 45ml) e misturar até obter a consistência de uma pasta. Colocar entre 10 a 15 segundos no micro-ondas. 
Mexer a gelatina para arrefecer um pouco, juntar devagar ao leite de coco, misturar bem e colocar uma camada fina em cada copo, por cima da camada de gelatina de frutos tropicais. 
Levar ao frigorífico até solidificar completamente. 
Sobre a camada branca colocar 4-5 pepitas de chocolate. 
Preparar a gelatina Condi de melancia conforme as instruções da embalagem e colocar uma camada em cada copo, por cima da camada branca. Levar ao frigorífico até solidificar completamente. 
Decorar a gosto! 

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Cheesecake Nova Iorque com coulis de mirtilos

As férias vão passando rapidamente e nos momentos em que estamos por casa aproveitamos para estar entre amigos.
Para os receber faço sempre uns miminhos como este cheesecake Nova Iorque com coulis de mirtilos.




Este cheesecake é muito bom mas rende pouco. O da fotografia foi feito numa forma com cerca de 20 cm de diâmetro e, caso usem uma forma maior, aconselho a que dupliquem a parte do recheio.
A meu ver, o coulis de mirtilos (ou outro a gosto) eleva este cheesecake a outro nível embora o possam servir sem cobertura.
Espero que tenham gostado!!!
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
Base:
150g de bolacha Maria
75g de manteiga à temperatura ambiente

Recheio:
200g de natas
75g de açúcar
350g de queijo-creme
3 ovos
Para o coulis de mirtilos: (NOTA: Podem optar por usar um doce ou compota)
200g de mirtilos congelados
50g de açúcar
Sumo de limão q.b.

Preparação Bimby:
Pré-aquecer o forno a 150ºC
Colocar no copo as bolachas e ralar 20 seg/ vel 9. Adicionar a manteiga e misturar 15 seg/vel 7. Forrar a base da forma de abrir e reservar. 
Inserir a borboleta no copo limpo e colocar as natas, o açúcar, o queijo-creme e os ovos e programar 1 min/ vel 3,5.
Colocar sobre a base de bolacha de cada forma e levar ao forno cerca de 40 minuto (para verificar deve fazer o teste do palito) .
Deixar arrefecer, e levar ao frigorífico.
Para o "coulis", colocar os mirtilos no copo ( se gostar de encontrar pedaços pode reservar alguns mirtilos). 
Adicionar os restantes ingredientes e programar  1,5 min/90ºC/ Vel. 5.
Colocar os mirtilos reservados e programar mais uns minutos até obter a consistência desejada.
Colocar o coulis sobre o cheesecake na altura de servir

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Salada rápida de pota

Verão rima com jantares de amigos e com petiscos... Este ano temos feito muitos convívios cá em casa e esta salada rápida de pota foi feita para um deles.



Esta é uma entrada que, como o nome indica, é rápida de fazer (pois os tentáculos já estão cosidos e é só descongelar) e que em geral, toda a gente aprecia.
Existem outras versões (tenho uma no blogue com pimentos) mas esta é uma opção mais simples. O segredo é temperar com muito e bom azeite!!!
E vocês, como fazem este tipo de saladas?
Até breve!!! 💓

Ingredientes:
1 embalagem de Tentáculos de pota cozida Pescanova
1 cebola média picada
Azeite e vinagre q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Salsa picada

Preparação:
Deixar descongelar os tentáculos de pota e, quando descongelados, cortá-los em pedaços e colocar numa tigela.
Adicionar a cebola, a salsa e temperar com azeite, vinagre, sal e pimenta.
Envolver tudo muito bem e servir bem fresca.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Peskitos no forno com massa tricolor

Estamos de férias em casa. A outra Ginja trabalha por isso eu e o M* estamos por nossa conta...
Levantamos mais tarde (à hora que o M* decidir!!!), andamos pela casa (eu a arrumar umas coisas e ele a brincar!), pelo jardim e fazemos almoços que agradem a ambos.
Desta vez decidimos que o almoço seria Peskitos no forno com massa tricolor (da Buitoni).
 


Um almoço rápido e que fez a delícia do M* que adora massa e amou os peskitos.
Não é preciso grande coisa para fazer um almoço destes mas vê-lo tão contente e a comer com tanta vontade, encheu-me o coração.
O M* ficou fã e já disse que temos de comprar mais.
Já conheciam estes douradinhos com formas marinhas da Pescanova?
Eu prefiro os com forma de 💓, claro!!! 
Até breve!!! 

Ingredientes: (2-3 pessoas)
200g de massa Eliche tricolore da Buitoni
Sal q.b.
Água q.b.
Tomate cherry e folhas de majericão para decorar (opcional)

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 220ºC.
Sem descongelar, levar os peskitos ao forno durante aproximadamente 15 minutos.
Entretanto, colocar a massa em água a ferver temperada com sal e deixar cozer durante 10 minutos, mexendo de vez em quando. 
Servir os peskitos acompanhados pela massa tricolor e decorar a gosto.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Crumble de maçã, nozes e passas

O tempo está instável... Temos um verão intermitente!!!
Se as tardes de piscina ficam comprometidas então tenho de me vingar na cozinha. 
Tenho feito várias coisas cujas as receitas já estão no blogue como néctar de maçã, néctar de pêra, brownies de chocolate mas hoje fiz um crumble de maça, nozes e passas.

  


Esta é uma sobremesa muito boa e como reduzi a quantidade de crumble acaba por não ser muito pecaminosa. Na verdade, já fiz este crumble três vezes e só agora o publico pois havia sempre algo a "lapidar" na receita. 
Embora dê algum trabalho a verdade é que o resultado final compensa. Podem optar por servir nas cocottes individuais (estas são da DeBORLA!) ou podem usar um tabuleiro grande. 
Podem saborear só o crumble mas se acompanharem com uma bola de gelado de baunilha então ficam com uma sobremesa de sonho.
Depois digam se gostaram!!!
Beijinhos!!! ❤

Ingredientes:
6 maças grandes (como estavam super doces não adicionei açúcar!)
Miolo de noz q.b.
Passas q.b.
50g de margarina (à temperatura ambiente)
50g de farinha
20g de açúcar
Canela q.b.

Preparação:
Descascar as maçãs, retirar o centro, ralar e colocar em cocottes ou num tabuleiro de ir ao forno.
Por cima colocar as passas e o miolo de noz e reservar.
Para o crumble, usei a Bimby, colocar a margarina no copo com a farinha, o açúcar e a canela e programar 5 seg/ vel 5. Deve obter uma massa areada se estiver pastosa colocar um pouco mais de farinha e repetir os 5 seg( vel 5.
Colocar o crumble sobre a maçã e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC até estar bem douradinho.
Servir frio com (ou sem) bola de gelado de baunilha!!!

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Mosaico de Gelatinas Stevia

Enfim, de férias!!! 
As férias de verão são as "férias". Embora o tempo ande um pouco instável, aproveito para fazer umas limpezas mais a fundo, fazer a triagem de roupas e brinquedos para dar e claro, passar tempo de qualidade em família.
Mas se há coisa que as férias de verão pedem são sobremesas frescas e para comer sem culpa como este. mosaico de gelatinas stevia.



Eu usei apenas gelatina de morango e amora mas podem usar outros ou mesmo mais sabores. 
A vantagem desta gelatina é que é adoçada com stevia, um adoçante obtido a partir da planta cujo nome científico é Stevia rebaudiana e com muito baixo (quase nulo) teor calórico.
Esta é uma boa opção para tornar os "ataques de gula" menos pecaminosos.
Espero que tenham gostado!!!
Até breve!!! ❤

Ingredientes: 
1 saqueta de Gelatina Açucarada com Stevia sabor Morango Condi
1 saqueta de Gelatina Açucarada com Stevia sabor Amora Condi
0,5L água quente
0,5L água fria
400g iogurte grego açucarado
10g de Gelatina neutra em pó Condi

Preparação:
Preparar as gelatinas de morango e de amora conforme as instruções da embalagem e colocar cada uma delas num recipiente. Levar ao frigorífico até solidificar completamente.
Quando as gelatinas estiverem bem solidificadas, cortar cada uma delas em cubos e distribui-los, alternando as cores, pelas taças ou forma.
Para o creme branco, aquecer um pouco o iogurte açucarado numa caçarola e mexer estar homogéneo.
Dissolver a gelatina em pó num pouco de água (até 75ml) e misturar até obter a consistência de uma pasta. Colocar entre 10 a 15 segundos no micro-ondas.
Mexer a gelatina para arrefecer um pouco, juntar devagar ao iogurte e misturar bem. Reservar até estar frio mas não solidificado.
Deitar o creme branco por cima dos cubos de gelatina, agitar ligeiramente as taças para homogeneizar e levar novamente ao frigorífico até solidificar.
Decorar a gosto!

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Concha de S. Martinho do Porto e Duna de Salir do Porto

Na semana passada fizemos umas escapadinha com o M*. Por causa da distância e da falta de tempo optamos por não ir para o Algarve e ficarmos por S. Martinho do Porto.
Já tinha ido a S. Martinho do Porto e sabia que era uma boa opção para o M* por causa da pouca ondulação da concha e pela serenidade.






O estado de evolução/ conservação das dunas e os passadiços ao longos dos quais podemos caminhar e ver a flora dunar surpreendeu-me pela positiva. 
O que eu não sabia é que logo ali, em Salir do Porto, junto a uma praia fluvial banhada pelo Rio Tornada (ou Rio Salir) que desagua na baía de São Martinho do Porto, estava a maior duna de Portugal. Esta duna tem 50 metros de altura e, pelo que pude ver, faz a delícia dos visitantes.
Lá de cima a vista é deslumbrante, conseguimos ver toda a concha de S. Martinho do Porto.




Outra coisa que gostei em S. Martinho do Porto foi que, apesar de estarmos em agosto, não ter de "lutar" por um espaço para a toalha ou andar às voltas à procura de estacionamento.
Mas se há coisa que quero partilhar com vocês é o restaurante, pelo que percebi ainda recente, que descobrimos quase por acaso e que vale a pena visitar: o restaurante Baía Toscana (podem ver aqui).
Na nossa primeira ida ao restaurante fomos conquistados pelo prato "Terra e Mar" e, nos dias seguintes, saboreamos as pizzas caseiras (adoramos a pizza com o nome do restaurante!) e mesmo os pratos mais tradicionais e as entradinhas estavam fantásticos. A simpatia com a qual fomos recebidos também foi importante e, na sexta-feira à noite, ainda tivemos direito a música ao vivo. 
Parabéns, Baía Toscana e continuação de muito sucesso!!! ❤